O governo edita hoje (26) uma medida provisória criando o Ministério Extraordinário da Segurança Pública.

A nova pasta vai integrar e coordenar ações de segurança entre a união e os estados brasileiros.

O assunto foi tema de uma reunião, nesse domingo (25), entre o presidente Michel Temer, alguns de seus ministros e parlamentares.

O ministro da Justiça, Toquato Jardim, explicou como será a criação do ministério.

Sonora: Será editada uma Medida Provisória criando o ministério extraordinário.

Ainda de acordo com Torquato Jardim, a integração das estruturas trará eficiência para o setor.

Sonora: Em termos de segurança pública Nacional, a integração que esse ministério traz com as polícias civis e militares dos estados é fundamental, porque é preciso em termos práticos que o telefone da polícia rodoviária de são paulo fale com o telefone da Polícia Federal, caso contrário você não tem eficiência no combate às drogas.

O ministério é extraordinário, o que significa que não vai ser uma estrutura definitiva na esplanada. Terá um ministro, um secretário executivo e 9 cargos de assessoria.

Os demais servidores serão de estruturas já existentes, que passam a fazer parte desse novo ministério: o Departamento de Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Secretaria Nacional de Segurança Pública e o Departamento Penitenciário Nacional.

Via Agência Brasil