Menor é apreendido em Luziânia

Ele ajudou a matar um homem de 55 anos

Nesta quarta-feira (29/08), o Grupo Especial de Repressão a Crimes Contra o Patrimônio (GEPATRI), coordenado pelo delegado Danillo Martins, cumpriu dois mandados de internação em desfavor de um menor de 17 anos e um jovem que, embora atualmente já tenha alcançado a maioridade, também tinha 17 anos à época do delito. A ação aconteceu em Luziânia, na região do Entorno do Distrito Federal.

A Polícia Civil de Goiás informou que consta nas investigações, que no dia 31 de janeiro, os dois menores, acompanhados de um terceiro adolescente também de 17 anos e do maior Rodrigo Barros de Lima, 18 anos, invadiram uma chácara em Luziânia para subtrair objetos e procurar por arma de fogo.

Na ocasião, eles foram surpreendidos pela vítima, F.C.O., 55 anos, que entrou em luta corporal e acabou sendo imobilizado pelos meliantes. Eles desferiram vários golpes de pá contra a cabeça da vítima.

De acordo com a PCGO, os jovens infratores se evadiram do local após causarem diversas lesões no homem e subtraírem alguns objetos da propriedade privada. O chacareiro chegou a ser socorrido por vizinhos e familiares, mas não resistiu aos ferimentos e acabou falecendo no hospital.

Rodrigo Barros foi detido em julho e responde ao processo preso. Os outros três menores já se encontram apreendidos no Centro de Atendimento Socioeducativo (CASE).

Da Redação do Alô Valparaíso