O garoto Luís Guilherme, de apenas 6 anos de idade, morador de Valparaíso e baleado por um policial civil do Distrito Federal, já está em casa. Ele teve alta após 25 dias de internação.  O garoto deixou o Hospital Santa Helena na tarde deste domingo. 

Luís estava hospitalizado desde 6 de janeiro, quando levou um tiro do policial civil Sílvio Moreira Rosa. Ele atirou contra o carro em que o menino estava com os pais, na BR-070, no município de Cocalzinho (GO).

O menino havia recebido alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) na última segunda-feira (23). Ele já se alimentava sem a ajuda de aparelhos.

O crime

O menino foi baleado em 6 de janeiro, na altura do Km 35 da BR-070. O carro da família teria ultrapassado a fila de automóveis parados, formados por uma obra na rodovia. A manobra desagradou Sílvio Moreira que disparou três vezes contra o veículo, atingindo as costas da criança, que estava na parte de trás do veículo, em uma cadeirinha infantil.

O agente fugiu em direção a Águas Lindas (GO), mas acabou preso logo em seguida. Ele alegou que atirou porque acreditava se tratar de um assalto. Por segurança, Sílvio está preso na Divisão Estadual de Investigações de Homicídios, em Goiânia, e responderá por tripla tentativa de homicídio.

Via Correio Braziliense