No dia 16 de fevereiro, Thayna Ferreira Alves, de 21 anos, deixou o apartamento onde morava na Etapa A, em Valparaíso de Goiás, e nunca mais foi vista. A jovem sumiu após o padrasto deixá-la em um ponto de ônibus próximo a passarela amarela.

Passados quase três meses do desaparecimento, amigos e familiares continuam procurando informações sobre o paradeiro da estudante de enfermagem.

A mãe da garota, Jussara Ferreira, também não perde a esperança. Ela segue realizando buscas nas ruas e conta com o apoio de diversas pessoas e campanhas promovidas nas redes sociais. Tudo em busca de alguma notícia da filha.

A Polícia Civil do Estado de Goiás segue investigando o caso.

Qualquer informação que leve ao encontro de Thayna Ferreira, poderá ser repassada aos policiais civis, por meio do disque denúncia 197 de forma sigilosa ou pelo 190 da Polícia Militar.

Da Redação