Luziânia: esposo de idosa que faleceu por novo coronavírus está internado em semi-UTI

Ele será transferido para o Hospital de Doenças Tropicais, em Goiânia

O esposo da idosa de 66 anos que faleceu após contaminação por novo coronavírus foi internado em um leito de semi-UTI, na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município de Luziânia, no Entorno do Distrito Federal. A informação foi confirmada pela prefeita Edna Aparecida.

Em reportagem do G1, a gestora da cidade afirmou que o paciente será encaminhado para o Hospital de Doenças Tropicais (HDT) em Goiânia, depois de pedido de transferência entre os municípios, chamado de regulação. "Hoje ele amanheceu bem, está internado e está na regulação para ser encaminhado ao HDT. A família e a cidade estão muitos assustados. Estamos com equipe epidemiológica por conta da família e outra por conta da equipe médica que recebeu a paciente [idosa que morreu de coronavírus]", afirmou.

Ainda de acordo com a matéria, a equipe municipal de vigilância epidemiológica coletou nesta quinta-feira (26/03) amostras para o exame de coronavírus, a ser realizado pelo laboratório estadual Lacen, em Goiânia e aguarda o resultado para a Covid-19.

O idoso está sob cuidados médicos e isolado em um local chamado de “sala vermelha”, que conta com alguns equipamentos de urgência.

Da Redação do Alô Valparaíso/*Com as informações do G1
UPA

Unidade de Pronto Atendimento (UPA). (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Compartilhe esta matéria!