Luz Solidária Enel: Últimos dias para inscrição de instituições sociais

Interessados em participar devem acessar o site da empresa

O programa de sustentabilidade Luz Solidária Enel recebe inscrições até segunda-feira (8) para entidades, associações ou organizações não governamentais (ONGs) submeterem projetos e concorrerem ao apoio financeiro do programa. Neste período, projetos dos estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Ceará e Goiás poderão participar da iniciativa. Ao todo, a Enel vai disponibilizar cerca de R$ 4 milhões para os projetos selecionados, com execução a partir de janeiro de 2020.

O Luz Solidária faz parte do Programa de Eficiência Energética da Aneel e concede descontos aos clientes das distribuidoras da Enel na compra de eletrodomésticos eficientes. Além disso, contribui com o desenvolvimento de projetos sociais parceiros, por meio de incentivos financeiros, e com a preservação do meio ambiente.

Desde a sua criação, o programa já trocou 62 mil eletrodomésticos, concedeu mais de R$ 59 milhões de bônus aos clientes e concedeu cerca de R$ 7,3 milhões a 224 projetos de geração de renda, meio ambiente, direitos humanos e capacitação nos estados do Ceará, em Goiás e no Rio de Janeiro.

Ao assumir um compromisso público com as Nações Unidas com quatro dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), a Enel, através do programa, estimula a geração de renda e iniciativas empreendedoras, colaborando com o ODS de número 8, que consiste em promover o crescimento econômico sustentado, inclusivo e sustentável. Pela primeira vez, o programa será realizado no estado de São Paulo. Há 10 anos, o Luz Solidária iniciou pelo estado do Ceará.

Para saber como participar do projeto, os clientes podem acessar o site www.luzsolidaria.com.br ou baixar o aplicativo disponível nos sistemas Android e iOS.

Com a colaboração da Ana Priscila Donato Capps
enel

Luz Solidária Enel. (Foto: Matheus Vitorino)

Compartilhe esta matéria!