O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva apresentou uma petição ao Comitê de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU) afirmando ser vítima de violação de direitos humanos por causa das ações da Operação Lava Jato.

Segundo a petição, Lula se diz perseguido pelo juiz Sérgio Moro, a quem acusa de abuso de poder.

A defesa pede a declaração de parcialidade de Sérgio Moro e quer que a investigação seja conduzida por um “juiz imparcial”.

Da Agência Brasil