Compartilhe esta matéria!

Laboratório clandestino de bebidas é fechado em Luziânia

Bebidas alcoólicas falsas eram distribuídas em comércios da região do Entorno Sul  

A Polícia Civil de Goiás fechou no bairro Rosário, em Luziânia, um laboratório clandestino usado para fabricação de bebidas alcoólicas falsas.

Segundo a Delegacia Distrital de Polícia (DDP), no local, foram encontrados insumos como pinga, álcool e substância semelhante a etanol; várias garrafas pet contendo esses insumos, etiquetas com código de barras sem quaisquer registro, lacres, selos e rótulos variados informando quais os sabores individualizados, além de essências para dar sabor à bebida.

De acordo com a PC-GO, o investigado encontrado no lugar não possui registro ou licença concedida por órgãos fiscalizadores de saúde pública para fabricação. “Os produtos eram manuseados, também não havia obediência às normas de higiene e padrão de segurança para manuseio ou fabricação de tais produtos”, informou a 1º DDP.

Durante a prisão, o autor confirmou que o usava o espaço como moradia e laboratório, há cerca de 3 meses, e que comercializava as bebidas para pessoas físicas e comércios pequenos na região de Luziânia e Cidade Ocidental.

Ao todo, foram apreendidas 92 garrafas já prontas para serem comercializadas e 7 garrafas pet onde havia substância com odor e aparência de etanol. A Polícia Civil também apreendeu vários blocos com anotações indicando para quem o autor comercializava o produto do crime e por qual valor era vendido.

O investigado foi encaminhado à Delegacia da cidade goiana, onde foi lavrado o procedimento inquisitorial.

Da Redação do Alô Valparaíso/Com as informações da PC-GO