IFG Luziânia: estudantes e professores produzem álcool 70% para distribuir à população carente

A meta da instituição é produzir 200 frascos por semana

Um projeto louvável está sendo colocado em prática pelos estudantes e professores do Instituto Federal de Luziânia, no Entorno do Distrito Federal. A iniciativa é responsável pela produção de álcool 70% que será distribuído gratuitamente à população carente, em meio à pandemia do novo coronavírus.

Segundo o IFG da cidade, a ação foi iniciada por causa da dificuldade de encontrar álcool em gel no comércio goiano. No entanto, os pesquisadores têm produzido álcool líquido, já que não encontraram o componente químico para fazer o álcool em gel.

"Na falta do componente químico, o reagente que atua no processo de gelificação na obtenção do gel, nós tivemos a ideia de produzir o álcool 70% só que com glicerina", explicou o professor ao G1.

O diretor do câmpus IFG de Luziânia, Reinaldo Reis, afirmou que o projeto deve ser replicada por outras unidades do instituto. "Hoje nós já temos a sinalização de 10 campus do IFG, ou seja, vão ser 11 municípios do estado de Goiás emplacando essa ideia", concluiu.

Da Redação do Alô Valparaíso
luz

Álcool 70% é produzido pelo IFG Luziânia. (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Compartilhe esta matéria!