O Instituto Federal de Goiás (IFG) está com inscrições abertas até o dia 10 de março para concurso público. São oferecidas 24 vagas para cargos técnico-administrativos nos níveis fundamental, médio e superior. 

Há vagas para a Reitoria e para os câmpus Águas Lindas, Cidade de Goiás, Formosa, Goiânia, Inhumas, Itumbiara, Luziânia, Senador Canedo, Uruaçu e Valparaíso. O concurso prevê, conforme a legislação, reserva de vagas aos negros.

Ao todo são 6 vagas para o nível superior, 7 para o nível médio e 11 vagas para o nível fundamental. A taxa de inscrição é de R$ 120 para os cargos de nível superior (E), R$ 90 para os de nível médio (D) e R$ 60 para os cargos de nível fundamental (C). 

O candidato pode requerer a isenção da taxa de inscrição no período de 25 de fevereiro a 2 de março. As informações e requisitos para solicitações de isenção da taxa de inscrição estão contidas no item 8 do Edital. 

As inscrições deverão ser feitas na página do IFG. O candidato deve entrar no link “Concurso Público de Técnicos Administrativos em Educação” (Edital nº 18/2016) para fazer a inscrição e gerar a guia GRU para pagamento do boleto bancário da taxa de inscrição.

O concurso será composto de etapa única, com provas objetivas e discursivas para os cargos de nível superior e médio; e provas objetivas e de redação para os cargos de nível fundamental. 

Está prevista uma segunda etapa, composta de prova prática, somente para os cargos de Técnico em Mecânica (Médio), e Assistente de Laboratório (fundamental). As Provas Objetivas, discursivas e de Redação ocorrerão no dia 3 de abril e as provas práticas para os cargos de Técnico em Mecânica e Assistente de Laboratório ocorrerão nos dias 3 e/ou 4 de maio. O resultado final do concurso está previsto no edital para 16 de maio.

Todas as informações do concurso estão disponíveis na página de concursos do IFG e devem ser acompanhadas pelos candidatos, pois podem ocorrer retificações. 

Clique aqui e faça sua inscrição.
Acesse o Quadro de Vagas.
Acesse o edital do concurso.

Postado com as informações de O Popular