Compartilhe esta matéria!

Ibaneis cancela festas de Ano Novo no DF

Governador disse que voltou atrás devido à variante ômicron do novo coronavírus. Eventos ocorreriam em cinco regiões da capital.

Queima de fogos na Esplanada dos Ministérios durante festa de réveillon 2018 — Foto: Gabriel Jabur/Agência Brasília
Queima de fogos na Esplanada dos Ministérios durante festa de réveillon 2018 — Foto: Gabriel Jabur/Agência Brasília

O governador Ibaneis Rocha (MDB) decidiu, nesta terça-feira (30), cancelar as festas de réveillon programadas para este ano, no Distrito Federal. O chefe do Executivo chegou a confirmar o evento, porém, disse que voltou atrás devido à variante ômicron do novo coronavírus.

Em 23 de novembro, Ibaneis disse que a festa de Ano Novo ocorreria em palcos distribuídos em cinco regiões da capital. No dia, ele ainda informou que o carnaval de 2022 estava sob análise e que realização da festa depende do cenário de vacinação contra Covid-19.

Entretanto, nesta terça, em uma rede social, o governador afirmou que a capital já avançou muito no combate à pandemia e que não se pode “arriscar um retrocesso”. Após o anúncio, a Secretaria de Saúde informou que investiga um caso suspeito da variante ômicron.

“Peço que todos observem os cuidados recomendados, especialmente neste momento de incerteza, até que possamos retomar a vida normalmente”, disse Ibaneis.

Em rede social, governador do DF diz que festas de réveillon estão canceladas — Foto: Twitter/Reprodução
Em rede social, governador do DF diz que festas de réveillon estão canceladas — Foto: Twitter/Reprodução

Suspeita de variante ômicron em Brasília

Variante ômicron preocupa cientistas — Foto: Divulgação/Getty Images via BBC
Variante ômicron preocupa cientistas — Foto: Divulgação/Getty Images via BBC

Após governador anunciar cancelamento das festas de fim de ano, a Secretaria de Saúde divulgou que investiga um caso suspeito da variante ômicron na capital. De acordo com a pasta, um viajante da África do Sul, onde a cepa foi descoberta, veio para Brasília e testou positivo para o novo coronavírus nesta segunda-feira (29).

A secretaria informou que o homem estava em um voo que desembarcou em Guarulhos (SP), o mesmo em que outro passageiro que também veio da África do Sul testou positivo.

O paciente que veio para Brasília é um homem, de faixa etária entre 40 e 49 anos, que recebeu três doses da vacina. “O caso permanece assintomático e o viajante está em isolamento domiciliar dedse a chegada à capital”, informou a pasta.

Ainda segundo a secretaria, o Laboratório Central do DF (Lacen) iniciou análises para sequenciamento genético da amostra, com objetivo de verificar se o homem foi infectado pela variante ômicron. “O prazo para conclusão do exame é de quatro dias”.

A pasta reforçou ainda que, até o momento, não há casos confirmados na capital com a variante ômicron.

Cancelamento em outras regiões do Brasil

Prefeituras de ao menos 10 capitais brasileiras anunciaram cancelamento total ou parcial das festas de réveillon por conta da covid: Campo Grande, Florianópolis, João Pessoa, Fortaleza, Palmas, Recife, Salvador, São Luís, Brasília e Aracaju.

Em Florianópolis e Recife, haverá queima de fogos, mas os shows foram cancelados. Rio de Janeiro, São Paulo e Maceió ainda planejam fazer o evento. Belo Horizonte, que não realiza réveillon desde a virada de 2015 para 2016, seguirá sem festa este ano.

Ainda não há definição se haverá o evento em Teresina, Natal, Macapá e Boa Vista.

Alô Valparaíso/Com as informações Agência Brasil