Homem que teria abusado da neta da companheira é preso em Luziânia

Suspeito é investigado pela prática de diversos crimes de estupro contra a jovem

Mais um caso de abuso sexual foi registrado no município de Luziânia, na região do Entorno do Distrito Federal. Na última terça-feira, dia 22 de outubro, a Delegação de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) e a Delegacia de Apuração de Atos Infracionais (DEPAI) cumpriram mandado de prisão preventiva em desfavor de E.M.S. Ele é investigado pela prática de diversos crimes de estupro contra a neta de sua companheira, durante sete anos.

Segundo os relatos, os abusos sexuais foram praticados desde que a vítima possuía 12 anos de idade até os seus 19 anos, quando engravidou do agressor. Porém, em razão de ameaças, a vítima teria permanecido calada sobre a paternidade da criança. Após o nascimento, a semelhança com o investigado chamou a atenção de todos os familiares, o que fez com que a vítima revelasse todos os abusos sofridos aos seus familiares.

De acordo com a Polícia Civil, após deferimento de medidas protetivas em favor da vítima, o autor continuou indo até a sua residência e perseguindo a vítima em locais públicos. A prisão preventiva foi decretada em razão desses fatos.

Da Redação do Alô Valparaíso/*Com as informações da Polícia Civil de Goiás
luziânia

E.M.S. teria abusado da neta da companheira por sete anos. (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Compartilhe esta matéria!