Homem que matou vizinho a facadas foi liberado após depoimento na delegacia

Roberto Pena se apresentou junto de dois advogados e deve responder pelo crime de homicídio em liberdade. Polícia Civil trabalha para conseguir mandato de prisão junto ao MP-GO

Na madrugada do último domingo, dia 29 de dezembro, João Roberto Pena Pereira, de 35 anos, matou a facadas seu vizinho no condomínio Parque Clube II, em Valparaíso de Goiás, no Entorno do Distrito Federal.

O crime teria acontecido após a vítima, Helenildo Alves dos Santos, de 37 anos, reclamar de um barulho vindo do apartamento de João Roberto. Contudo, ao se apresentar para a Polícia Civil, o suspeito afirmou que não havia som ligado no momento da discussão.

Em depoimento, o investigado disse que Helenildo chegou por volta de 2h30 tocando a campainha diversas vezes e esmurrando a porta do apartamento – além dele, estavam esposa e filho do casal, de 6 anos. O homem contou que Helenildo havia quebrado a porta de tanto bater e dizia que estava ali para “resolver um problema”, dizendo que estava sendo incomodado pela “bagunça” dele.

De acordo com o suspeito, a vítima entrou e lhe deu dois socos, ameaçou quebrar a casa. Ele disse que pediu à esposa para que chamasse a Polícia Militar e pegou uma faca, com a qual deu um golpe no braço e outro nas costas de Helenildo. Conforme o Boletim de Ocorrência, Roberto também comentou que acreditava que a vítima estava bêbada no momento da briga.

O crime será investigado pelo Grupo de Investigação de Homicídios (GIH). Roberto que se apresentou na delegacia acompanhado de dois advogados, pode responder pelo crime de homicídio em liberdade. Contudo, a Polícia Civil trabalha para conseguir junto a Ministério Público do Estado de Goiás, um mandado de prisão para o suspeito.

Da Redação do Alô Valparaíso

João Roberto Pena Pereira foi liberado após ser ouvido pela Polícia Civil. (Foto: Divulgação/PC-GO)

Compartilhe esta matéria!