As eleições municipais em Goiás deverão ser marcadas pelo apoio maciço de grandes lideranças ligadas hoje ao governo estadual, é o que garantem muitos especialistas políticos da imprensa goiana.

O principal objetivo dos lideres é apoiar candidaturas majoritárias no interior do Estado, visando fortalecer suas bases em cidades estratégicas e garantir apoio político para o pleito eleitoral de 2018, nos cargos de deputado estadual, deputado federal, senador e governador.

Um nome do Entorno do Distrito Federal tem sido apontando com bastante credibilidade por militantes do PSDB-GO. Trata-se da tucana Lêda Borges de Moura, deputada estadual licenciada e titular da Secretaria Cidadã.

Segundo o tucanato de Goiás, a ex-prefeita de Valparaíso-GO, vem tornando-se uma forte concorrente a vaga de vice governadora numa possível chapa do Partido da Social Democracia Brasileira encabeçada por José Eliton, nome de confiança do governador Marconi Perillo para substituí-lo.  

A possibilidade vem sendo especulada em Goiânia, e foi recentemente comentada pelo deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa de Goiás, Helio de Sousa (PSDB).

Em visita à Valparaíso de Goiás, na última quinta-feira (21), ao discursar durante encontro em prol da pré-candidatura de Pábio Mossoró (PSDB) à Prefeitura Municipal, o deputado relatou que são grandes as chances de sua colega de partido Lêda Borges alcançar voos maiores na política goiana.

Ao conversar com a nossa reportagem, o tucano reafirmou aquilo que já havia dito e destacou a importância de Lêda no cenário estadual.

“A política goiana acompanha a desenvoltura da secretária cidadã. A nossa deputada estadual que tem em Valparaíso a sua principal base como um dos destaques do Estado. Nós sabemos que provavelmente, nas pré-candidaturas para a vice-governadoria, existe esta pretensão que tenhamos um representante ou uma representante do Entorno de Brasília. E ela tem sido um dos nomes lembrados”, afirmou o presidente da Assembleia Legislativa do Estado de Goiás.

Por Marcelo Carlos