Greve de servidores da Educação é suspensa em Goiás

O Sintego informou que os educadores voltam ao trabalho na segunda-feira (15)

Em Assembleia realizada na tarde da última sexta-feira (12), servidores da Educação de Goiás decidiram suspender a greve da categoria e voltar ao trabalhado na próxima segunda-feira (15). A informação foi divulgada pelo Sindicato dos Trabalhadores da Educação de Goiás (Sintego).

Os profissionais negociam uma proposta do Governo de Goiás para o pagamento atrasado dos salários de dezembro, além de outros benefícios condicionados. O movimento foi iniciado no último dia 3 de abril.

O governador Ronaldo Caiado apresentou aos servidores uma proposta para o pagamentos do mês de dezembro de foram escalonada em quatro vezes. Segundo o Sintego, a grave durou oito dias e o número de unidades paralisadas variou de 250 a 400 escolas, a maioria na região do Entorno do Distrito Federal e norte de Goiás.

De acordo com a Seduce, das 1.121 unidades escolares da rede pública estadual de ensino, 964 escolas estaduais funcionaram normalmente, 32 chegaram a parar parcialmente e 125 tiveram as atividades paralisadas.

Da Redação do Alô Valparaíso

Greve na Educação chega ao fim em Goiás. (Foto: Arquivo Sintego/Divulgação)

Compartilhe esta matéria!