STF derruba liminar que sugeriu soltar presos por conta do Covid-19

Vara deve analisar caso de cada preso antes de liberdade provisória

O Governo do Distrito Federal (GDF) incluiu o atendimento ao público em shoppings centers, feiras populares e clubes entre as atividades que devem ser interrompidas por 15 dias em meio as estratégias adotadas para não propagação do novo coronavírus.

Também não devem funcionar o “zoológico, parques ecológicos, recreativos, urbanos, vivenciais e afins”, além de boates e casas noturnas. As novas restrições estão descritas no Decreto 40.529/2020 publicado na tarde desta quarta-feira (18).

As determinações alteram o Decreto 40.520, de 14 de março, o primeiro a trazer medidas para “enfrentamento da emergência de saúde pública”.

Até o final da manhã de hoje, a Secretaria de Saúde do GDF contabilizava 34 casos confirmados para Covid-19, sendo cinco com transmissão local. Mais de 190 casos estão em investigação e aguardam resultado.

Com a colaboração da Agência Brasil
Shopping

Shoppings centers, feiras populares e clubes devem suspender suas atividades por 15 dias. (Foto: Imagem de Arquivo/Agência Brasil)

Compartilhe esta matéria!