O Ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, cedeu kits de informática para a retomada da emissão de Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) nos postos de atendimento do Sine em Goiás. A reivindicação foi levada pela secretária de Estado Cidadã, Lêda Borges, na última quarta-feira, 27 de julho, em audiência em Brasília.

Após uma mudança no sistema de informação para emissão da Carteira de Trabalho, o atendimento havia sido suspenso nos postos de atendimento do Sistema Nacional de Emprego (Sine), inclusive os instalados nas unidades do Vapt Vupt.

“O ministro fez um compromisso conosco de nos liberar 51 kits que irão suprir todas as unidades do Sine em Goiás. Acreditamos que a partir da segunda quinzena de agosto, já retomaremos a emissão”, explica a titular da Secretaria Cidadã Lêda Borges.

Até a chegada dos kits e sua instalação os interessados em requisitar a CTPS devem se dirigir à Superintendência Regional do Ministério do Trabalho, em Goiânia.

O Ministério do Trabalho é o responsável pela confecção (impressão) da Carteira de Trabalho, cabendo ao Sine atuar como mediador entre o governo federal e o trabalhador, realizando o atendimento e coleta das informações necessárias à confecção do documento.

Também participaram da reunião o Superintendente Regional do Trabalho em Goiás, Degmar Pereira, o superintendente de Programas Especiais da Secretaria Cidadã, Anderson Soares e a gerente do Sine Goiás, Celi de Fátima.

Ministro garante parceria em Economia Solidária e ampliação do Sine em Goiás

A secretária Cidadã Lêda Borges aproveitou a audiência para solicitar ao ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, agilidade na apreciação do projeto de parceria em Economia Solidária, que irá beneficiar pequenos produtores locais a comercializarem seus produtos em cooperativas.

 “Queremos treinar os trabalhadores de municípios mais distantes da capital por meio da Economia Solidária e ampliar com isso as possibilidades de geração de emprego e renda”, disse Lêda Borges ao ministro.

Também foi tratada na reunião a ampliação de agências do Sine em Goiás, atualmente a rede conta com 51 unidades espalhadas em todo estado. “Tudo o que pudermos fazer por Goiás, nós faremos”, assegurou o ministro Ronaldo.

Qualificação de Trabalhadores

Apenas dois Estados da federação tiveram saldo positivo na oferta de empregos formais no Brasil, Goiás foi o líder disparado em empregabilidade. De acordo com pesquisa do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), o Estado gerou 16.614 mil novos postos de trabalho em um semestre. Ainda assim, segundo a secretária Cidadã, Lêda Borges, Goiás trabalha na ampliação da rede Sine e também no processo de qualificação de pessoas.

Em reunião com o ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, a secretária pediu a retomada de parceria já firmada no passado para que o Ministério do Trabalho possa alocar recursos federais sob sua coordenação em algumas ações de qualificação profissional.

“Nós queremos ampliar os programas de qualificação profissional ao nosso trabalhador, pois acreditamos ser essa uma ferramenta importante para ajudarmos o trabalhador a superar essa fase difícil que o país atravessa na economia. Não podemos nos acomodar, mesmo com os bons índices de emprego em Goiás”, afirma a Lêda Borges.

Postado por Marcelo Carlos (com as informações Comunicação Setorial Secretaria Cidadã)