A Secretaria da Saúde de Goiás (SES-GO) deu mais um passo para o trabalho conjunto com o Governo do Distrito Federal na ação de combate ao Aedes aegypti nos municípios do Entorno do DF. O mosquito é o transmissor da dengue, chikungunya e do zika vírus. O superintendente executivo da SES-GO, Halim Antonio Girade, participou, nesta quarta-feira (24/02), de encontro no Consórcio Público de Manejo dos Resíduos Sólidos e das Águas Pluviais da Região Integrada do Distrito Federal e de Goiás (Corsap). O destaque da reunião foi o problema dos lixões existentes nas cidades goianas vizinhas ao DF, locais de disseminação de criadouros do mosquito.

Criado em 2013, o consórcio é formado, além do DF, pelos seguintes municípios goianos: Abadiânia, Água Fria de Goiás, Águas Lindas de Goiás, Alexânia, Cabeceiras, Cidade Ocidental, Cocalzinho de Goiás, Corumbá de Goiás, Cristalina, Formosa, Luziânia, Mimoso de Goiás, Novo Gama, Padre Bernardo, Pirenópolis, Planaltina, Santo Antônio do Descoberto, Valparaíso de Goiás e Vila Boa. O objetivo do colegiado é garantir que os envolvidos atendam às exigências da Política Nacional de Resíduos Sólidos.

Também participaram do encontro representantes dos ministérios da Saúde, das Cidades, do Meio Ambiente e da Agricultura, além de prefeitos das cidades do Entorno. Pelo governo de Goiás, representantes das secretarias de Meio Ambiente e do Entorno.

No encontro na Corsap, Halim informou que a SES-GO está reforçando as ações do programa Goiás contra o Aedes nos municípios do Entorno. O governo goiano instalou um posto com técnicos da SES e militares do Corpo de Bombeiros na representação do Governo de Goiás no DF. A intenção é estreitar ações conjuntas para combater a proliferação do mosquito Aedes aegypti.

As cidades goianas próximas do Distrito Federal apresentam dificuldade específica com relação à força-tarefa Goiás contra o Aedes. Isso porque o grande número de imóveis fechados nessa região (4.950), por conta das cidades-dormitório, dificulta o trabalho de identificação e limpeza de focos do mosquito. 

Postado com as informações da SES-GO