Compartilhe esta matéria!

Ferrari apresenta novo carro de Fórmula 1 em busca de redenção

Modelo SF21 com novo motor será pilotado Sainz e Leclerc

A Ferrari apresentou seu novo carro de Fórmula 1 nesta quarta-feira (10), e a equipe mais bem-sucedida da modalidade prometeu virar a página e se redimir de sua pior temporada em 40 anos.

O SF21, uma evolução do SF1000 do ano passado, mas com um motor completamente novo e asa e nariz frontais modificados, exibiu uma cor ligeiramente revisada, com um toque de verde e dois tons de vermelho em referência a glórias do passado.

“A traseira lembra o vermelho vinho tinto da primeira das Ferraris”, disse o chefe da equipe, Mattia Binotto, na apresentação virtual. “Mas à medida que avança gradualmente rumo à área do cockpit, ele se transforma no vermelho moderno que usamos em anos mais recentes”. “Esta temporada nos apresenta muitos desafios, e através desta cor, visualmente, reiniciamos do passado e rumamos para o futuro”.

A Ferrari não venceu nenhuma corrida no ano passado e terminou na sexta colocação – seu pior desempenho desde 1980, quando a escuderia mais antiga e glamourosa do esporte ficou em décimo lugar.

Os pilotos também mudaram em 2021: o espanhol Carlos Sainz substituirá o tetracampeão mundial Sebastian Vettel ao lado do monegasco Charles Leclerc.

A dupla é a mais jovem da Ferrari desde 1968, com uma idade média de 25 anos e três dias quando a temporada começar no Bahrein no dia 28 de março.

“[O ano de] 2020 ficou para trás, mas não será esquecido e terá nos fortalecido”, disse o presidente da Ferrari, John Elkann, em uma mensagem aos torcedores.

Com a colaboração da Agência Brasil