Compartilhe esta matéria!

 Enel segue realizando parcelamento de débitos na conta de energia em Goiás

Empresa possibilita que clientes realizem negociações de débitos pelo Portal de Negociação disponível em seu site e aplicativo

Em meio à pandemia do Novo Coronavírus (Covid-19), a Enel Distribuição Goiás flexibilizou para os clientes o pagamento das contas de energia com a opção de parcelamento dos débitos. De maio até o dia 20 de junho, a companhia negociou o débito de mais de 20 mil consumidores no Estado.

Segundo a empresa, as negociações e parcelamento das contas de energia continuam disponíveis e podem ser feitas pelo aplicativo da Enel e pelo Portal de Negociação, que é uma ferramenta simples onde os clientes podem simular diversas formas de negociação e escolher aquela que mais se encaixa com seu orçamento familiar. “O objetivo da ação é facilitar o pagamento dos débitos para os clientes que estão sendo impactados economicamente pela pandemia do coronavírus e oferecer condições para que o cliente evite a suspensão do fornecimento”, ressaltou a companhia.

Os cidadãos que optarem pelo parcelamento, em até oito vezes, terão direito à isenção de juros do parcelamento. “As parcelas serão cobradas nas próprias faturas de energia e a entrada será a partir de 13% do valor total do débito, que poderá ser pago por boleto, disponibilizado assim que concluída a solicitação do parcelamento”, destacou a empresa.

Ainda de acordo com a Enel, os clientes residenciais e de empresas de pequeno e médio porte, poderão solicitar a negociação através do: Portal de Negociação, disponível no site da empresa e pelo aplicativo. Todas as negociações são realizadas em ambiente seguro e o cliente ainda tem acesso a um Termo de Confissão de Dívidas, com todos os detalhes das condições em que o parcelamento foi realizado. “Ações que garantem a transparência, segurança e facilidade para todos os clientes que optarem pelo parcelamento dos débitos”, finalizou a distribuidora de energia elétrica.

Da Redação do Alô Valparaíso/*Com as informações da Enel Goiás