Compartilhe esta matéria!

Em Goiás, suspensão de aulas presenciais é prorrogada até 30 de maio

Secretaria da Saúde do Estado recomendou hoje a prorrogação da interrupção das atividades presenciais nas unidades de ensino por mais 40 dias

Nesta segunda-feira, dia 20 de abril, a Secretaria da Saúde de Goiás, emitiu Nota Técnica nº: 7/2020, determinando a prorrogação da interrupção das atividades presenciais com alunos.

Em virtude disso, a Secretaria da Educação de Goiás (Seduc) respeitou o documento e decidiu manter a suspensão das aulas com a presença de estudantes até o dia 30 de maio.

A medida estadual vale para escolas, faculdades e universidades, tanto da rede pública quanto privada.

Segundo a Seduc, cerca de 90% das escolas da rede estadual de ensino já aderiram ao regime e realizam aulas a distância desde o dia 23 de março.

No mês passado, o Conselho Estadual de Educação autorizou a execução de aulas não presenciais, após o Governo de Goiás determinar a suspensão das aulas presenciais para combater a disseminação do novo Coronavírus (Covid-19).

As ferramentas e estratégias adotadas para esse fim são videoaulas, grupos de WhatsApp, Google Classroom, listas impressas e entrega de materiais didáticos nas casas ou em pontos de referência da comunidade.

Da Redação do Alô Valparaíso
Aulas

Goiás prorroga suspensão das aulas presenciais até 30 de maio. (Foto: Reprodução)