Compartilhe esta matéria!


Em Goiás, homem é preso com mil vídeos de pornografia infantil no celular

A prisão foi feita por policiais da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Cibernéticos (DERCC)

Na quarta-feira (17), a Polícia Civil, por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Cibernéticos (DERCC), prendeu um homem de 32 anos por posse e compartilhamento de material pornográfico infantil em Goiânia.

O auxiliar de serviços gerais cujo nome não foi revelado confessou já ter compartilhado 4 mil vídeos de pedofilia e foi flagrado com mil gravações do gênero ilícito no celular.

(Foto: Divulgação/Polícia Civil de Goiás)

Segundo as investigações, que tiveram início na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher de Goianésia, os crimes eram praticados, ao menos, desde 2018. Segundo a corporação, o detido pode ser considerado um dos maiores armazenadores e fornecedores desse tipo de material em Goiás.

De acordo com a PC, entre as imagens apreendidas, algumas demonstram muito sofrimento imposto às vítimas de abusos sexuais. Para atrair pessoas e compartilhar os conteúdos, o homem usava na internet o apelido de “Comi meu manin”, em referência ao abuso contra crianças.

Da Redação do Alô Valparaíso/*Com as informações da PC-GO