Compartilhe esta matéria!

Em Goiás, estudantes da rede estadual recebem a doação de 1.136 celulares para acesso à Internet

Aparelhos foram disponibilizados através de parceria do Governo de Goiás e a operadora móvel virtual Vecto Mobile

Uma parceria público-privada levará conectividade a estudantes e professores da rede estadual de Educação em Goiás. A medida foi anunciada pelo governador Ronaldo Caiado na manhã desta quinta-feira, 24/09, em uma cerimônia realizada no Palácio Pedro Ludovico Teixeira.

Segundo o Governo do Estado, ao todo, foram doados 1.136 aparelhos smartphones e chips de Internet conectados com a tecnologia 4g. Os itens são oriundos de ações de combate ao contrabando e ao descaminho, realizadas pela Receita Federal em Goiás, e de uma parceria, firmada com a empresa Vecto Mobile.

“A Receita Federal em Goiás, além de combater o contrabando ajudando as empresas, a indústria, o comércio e os serviços regulares também, a partir de hoje, ajuda a Educação Básica do estado que, hoje, é primeiro lugar”, destacou o secretário de Indústria, Comércio e Serviços, Adonídio Neto. Para ele, a ação mostra o comprometimento do estado em atender às famílias de estudantes em vulnerabilidade social ou sem nenhum acesso à Internet.

No mesmo tom, o governador Ronaldo Caiado parabenizou o resultado da ação conjunta entre as Secretarias e parceiros para a realização de melhorias no acesso à Educação no Estado. Em sua fala, Caiado ressaltou aos secretários e parceiros do Governo de Goiás que os estudantes “vão poder ter, hoje, a continuidade das aulas porque vocês, junto à Receita Federal, incluíram e não excluíram essas crianças”.

Para o governador, a doação chega para se somar às demais melhorias realizadas na infraestrutura das escolas e no cotidiano dos estudantes e aos resultados obtidos pela rede estadual no Ideb 2019. Segundo ele, “nada pode orgulhar mais Goiás do que isso (resultados). Vocês atingiram um patamar em que todos voltam os seus olhos para a Educação em Goiás”, afirmou.

A secretária de Estado da Educação, Fátima Gavioli, também ressaltou os resultados do Ideb em sua fala e garantiu que “as (novas) tecnologias serão usadas para que os alunos não percam os conteúdos e continuem mantendo essa beleza de resultado que consta aqui”. Gavioli afirmou, ainda, que as doações realizadas hoje atendem a um desejo da Seduc em garantir o uso da tecnologia em favor da continuidade do processo de ensino-aprendizagem durante as aulas não presenciais e que, nesse sentido, todo parceiro é bem-vindo em Goiás. “Só assim, nós vamos continuar fazendo a diferença”, concluiu.

Da Redação do Alô Valparaíso