Um bebê com 41 dias de vida morreu neste domingo (15) em uma casa do Setor Vera Cruz II, em Goiânia. Ao G1, a Polícia Civil informou que a mãe amamentou o bebê e dormiu. Quando acordou, encontrou o filho morto. Ao que tudo indica, segundo a corporação, ele engasgou com o próprio vômito.

“Ele estava com a mãe. Ela acordou de manhã e viu que a criança estava morta com vestígios de vômito. Acreditamos que ela engasgou com o vômito depois de mamar”, disse o delegado Jerônimo Rodrigues Borges, responsável por registrar o caso na Central de Flagrantes.

A mãe mora em Barra do Garças, no Mato Grosso, e veio dar à luz em Goiânia, onde a avó mora. A Polícia Militar disse que o menino era prematuro e tinha recebido alta médica no dia anterior. Era a primeira noite que ele passava em casa.

“Ele estava na UTI [Unidade de Terapia Intensiva] e veio para casa ontem. A mãe está em estado de choque, não tem condição de falar. É uma fatalidade “, disse o sargento da Polícia Militar Luiz Carlos Gonçalves.

A mãe chamou o Corpo de Bombeiros para socorrer o menino. No entanto, a equipe constatou que ele já estava morto e acionou a PM. A Polícia Técnico-Científica esteve no local, e o corpo do bebê foi levado para o Instituto Médico Legal.

O delegado ainda não definiu em qual delegacia o caso será investigado.

Via G1-GO