Em Goiás, aparelho celular de engenheiro pega fogo enquanto carregava

Homem contou que ficou assustado com as faíscas e a fumaça saindo do aparelho

Durante a madrugada da última terça-feira, dia 12 de novembro, o celular do engenheiro civil, Eduardo Cunha, pegou fogo enquanto estava carregando em Goiânia.

O homem estava dormindo e foi acordado pela esposa que percebeu faíscas e uma fumaça branca saindo do aparelho. “Estava a cerca de 20 ou 30 centímetros do meu rosto, foi um momento tenso”, contou.

Em nota, a Samsung disse que "assim que tiver acesso ao produto em questão realizará um exame completo para determinar a causa exata do ocorrido". A empresa completou que "segue rigorosos padrões de controle e qualidade para garantir a segurança e a melhor experiência ao usuário”.

Ainda de acordo com o dono do Samsung S7, o fogo acabou se espalhando e atingiu o chão e o lençol da cama. “Eu fiz um boletim de ocorrências, só para deixar o caso registrado, e vou entrar em contato com a Samsung para que eles fiquem sabendo do caso, possa fazer um alerta se tiver algum problema nos aparelhos, evitar que novos acidentes aconteçam”, finalizou.

Da Redação do Alô Valparaíso

Samsung S7 pegou fogo quando estava sendo carregado. (Foto: Arquivo Pessoal)

Compartilhe esta matéria!