Dupla venezuelana é presa suspeita de aplicar golpes na hora de pegar o troco, em Valparaíso de Goiás

Polícia Militar informou que os dois homens replicaram a prática em quatro cidades de Goiás e uma de Minas Gerais

A Polícia Militar, por meio da equipe do Tático do 20º Batalhão, prendeu dois venezuelanos em Valparaíso de Goiás, no Entorno do Distrito Federal. A dupla é suspeita de executar o “golpe do troco” em comércios de cinco cidades distintas, dos estados de Goiás e Minas Gerais.

Em entrevista concedida a TV Anhanguera, o tenente-coronel do 20º BPM, Samuel Arthur, afirmou que se trata de uma nova modalidade de estelionato aplicada de “forma miraculosa”. Um vídeo registrado por câmeras de segurança de um estabelecimento comercial mostra a ação de um dos suspeitos.

De acordo com Arthur, os suspeitos vieram de São Paulo para reproduzir o golpe em Goiás. Além de Valparaíso de Goiás, a polícia identificou a execução da prática em Catalão, Luziânia e Pires do Rio, todas em Goiás, e em Uberaba, município de Minas Gerais. “Os suspeitos tentaram aplicar o golpe em Valparaíso de Goiás também, além de terem feito vítimas em Luziânia, mas não obtiveram o mesmo sucesso. Uma das vítimas disse que havia sido roubada e chamou a PM. Eles foram identificados e presos por prática de estelionato”, explicou para a emissora de televisão.

Com os venezuelanos que falam pouco a Língua Portuguesa, a PM encontrou R$ 4,6 mil e alguns produtos. Ainda de acordo com a corporação, o golpe funcionava da seguinte forma: o suspeito entrega uma nota de alto valor para o funcionário do caixa; eles então conversam entre si e o suspeito pega de volta a nota de alto valor e convence o funcionário de que a cédula foi entregue de forma errada; em seguida o suspeito entrega uma nota menor ao pegar o troco e vai embora.

As vítimas que identificarem os dois homens podem procurar a polícia.

Da Redação do Alô Valparaíso/*Com as informações do G1

Venezuelanos são presos pelo 20º Batalhão de Valparaíso. (Foto: Divulgação/PMGO)

Compartilhe esta matéria!