Um grupo de 16 detentos conseguiu fugir da Cadeia Pública de Cristalina, no Entorno do DF, na madrugada deste domingo (25). Segundo a Polícia Militar, os presos conseguiram escapar após fazerem um buraco no teto da cela.

Segundo a assessoria de imprensa da Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária (SSPAP), seis foragidos foram recapturados e encaminhados para Luziânia.

“Esses presos cometeram os mais diversos tipos de crime graves. Seguimos as buscas para pegar os que ainda estão foragidos”, disse ao G1 o subtenente Nilton Cordeiro Vasco.

Além de passar pela cela, os reeducandos também tiveram que pular o muro da unidade. Um agente prisional, que não estava trabalhando durante a fuga e preferiu não se identificar, disse ao G1 que um fator curioso pode ter atrapalhado os outros servidores a perceberem a saída dos presos.

“O que se diz aqui é que foram os fogos [de artifício] durante as festas de Natal. Os agentes não ouviram [quando os presos fugiram] e só descobriram depois”, afirmou.

A SSPAP afirmou que a direção da unidade vai investigar os fatos para apurar responsabilidades.

Via G1-GO