No fim do ano passado, recebemos várias queixas de funcionários e, principalmente, dos proprietários de distribuidoras e depósitos de bebidas, em Valparaíso de Goiás.

As reclamações continuaram no início deste ano e mais uma vez o Alô foi procurado.  Devido a essa enorme procura, hoje, pautaremos o Decreto Nº 574 que regulamenta o horário de funcionamento destes estabelecimentos comerciais.

No dia 17 de dezembro de 2015, a prefeita Lucimar Nascimento (PT), assinou o Decreto Nº 574 que determinou algumas regras que deverão ser cumpridas pelos comerciantes do ramo de bebidas. O seu Art. 1 estabelece que distribuidoras/depósitos de bebidas em geral deverão funcionar de 8 as 22 horas. Porém, a regulamentação não agradou muitos empresários da área. Eles reclamam de prejuízos e contam que a determinação é responsável pela queda de suas vendas.

Por outro lado, o Decreto agrada muitos moradores do município. Alguns vizinhos de distribuidoras agradecem a Lei assinada pela Prefeita e afirmam que depois da determinação, o sossego voltou na cidade.

“Moro ao lado de uma distribuidora e aqui os vizinhos não aguentam a grande movimentação após as 22 horas. O som alto dos carros que encostavam sempre ali em frente, incomodava inúmeras famílias, crianças de colo e até mesmo idosos”, disse uma munícipe que pediu para não ser identificada.

O § 2º do Art. 1º é a parte do Decreto que mais revolta os comerciantes. Nele é vedada a colocação de mesas e cadeiras, o uso de som e o acúmulo de pessoas no entorno de depósitos e distribuidoras. “Depois desta imposição minhas vendas diminuirão bastante e eu terei cortar alguns funcionários”, disse um comerciante ao Alô.

Na manhã desta sexta-feira (29), Francyeudes Andrade, procurou o Alô Valparaíso e enviou algumas fotos que mostram funcionários de distribuidoras da cidade, realizando um ato em protesto contra o Decreto N.º 574 assinado por Lucimar Nascimento.

Confira abaixo na íntegra o Decreto Nº 574:

Gabinete da Prefeita

DECRETO Nº 574, DE 17 DE DEZEMBRO DE 2015.

Regulamenta o horário de funcionamento das distribuidoras/depósitos de bebidas, e dá outras providências.

A PREFEITA DO MUNICÍPIO DE VALPARAÍSO DE GOIÁS, no uso de suas atribuições exaradas nos artigos 69, inciso IX da Lei Orgânica Municipal e disposto no art. 265, da Lei Complementar n.º 062, de 04 de julho de 2012.

CONSIDERANDO que existem vários estabelecimentos comerciais funcionando como Distribuidoras de Bebidas,

CONSIDERANDO a necessidade de se estabelecer e caracterizar a atividade denominada DISTRIBUIDORAS/DEPÓSITOS DE BEBIDAS,

CONSIDERANDO a necessidade de estabelecer o horário de funcionamento das distribuidoras de bebidas,

DECRETA:

Art. 1º Fica estabelecido o horário de funcionamento, de 8h às 22h, para distribuidoras/depósitos de bebidas em geral.

  • 1º Considera-se distribuidoras/depósitos de bebidas, o comércio varejista ou atacadista de bebidas em geral, destinado à venda de bebidas sem consumo no local.
  • 2º Fica vedado aos estabelecimentos constante no caput do artigo a colocação de mesas e cadeiras, som de qualquer natureza, assim como é de sua responsabilidade inibir o acúmulo de pessoas em suas imediações.
  • 3º O estabelecimento que causa transtorno à coletividade, assim como descumprir o disposto no § 2º do art. 1º, terá seu horário de funcionamento reduzido para 8h às 18h.
  • 4º Em caso de reincidência o estabelecimento terá sua licença cassada, impossibilitando assim a abertura de empresa do mesmo ramo, assim como bares e similares pelo prazo de 02 anos.

Art. 2 É facultado ao estabelecimento comercial funcionar como Bar ou similares, cumulado com Distribuidora/Depósito de Bebidas, desde que seu ramo de atividade principal seja o Bar ou similares.

Parágrafo único. Para efeito de Alvará de funcionamento, as fiscalizações farão vistorias levando-se em consideração todas as atividades requeridas, sendo necessária aprovação em todas.

Art. 3º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.

Valparaíso de Goiás/GO, aos 17 (dezessete) dias do mês de dezembro de 2015.

LUCIMAR CONCEIÇÃO DO NASCIMENTO

Prefeita

Clique e leia o Decreto N.º 574

 Por Marcelo Carlos