Compartilhe esta matéria!

Criança é atropelada por ônibus enquanto pilotava minimoto em Goiânia

Após a batida, menino de 9 anos ainda foi arrastado por alguns metros. Ele foi levado a hospital e teve um braço amputado, segundo a família. Minimoto não pode ser usada em ruas da cidade.

Uma criança de 9 anos que pilotava uma minimoto foi atropelada por um ônibus na tarde de quarta-feira (14) em um cruzamento do Residencial Solar Ville, em Goiânia. Um vídeo mostra quando o menino desce por uma rua, atravessa o cruzamento sem parar e é atingido pelo coletivo, que freia alguns metros depois (veja acima). Segundo a família, ele teve de amputar um braço.

 Em contato, por e-mail enviado às 7h desta quinta-feira (15), com a assessoria da Redemob, responsável pelo transporte coletivo na capital, e aguarda retorno sobre o caso.

O acidente aconteceu por volta das 17h. O vídeo registra que a criança e a moto foram arrastadas alguns metros e pararam embaixo do ônibus após a batida.

Segundo a Delegacia de Investigação de Crimes de Trânsito (Dict), a minimoto é um veículo sem emplacamento e que deve ser usado em trilhas, em motocross ou competição. O modelo usado pela criança tinha 90 cilindradas e era movido a gasolina. O menino podia usá-la, mas não pilotar nas ruas da cidade.

O menino foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e levado para o Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol). O nome da garoto não foi divulgado e, devido a isso, a reportagem não conseguiu atualizar o estado de saúde dele.

O pai da criança preferiu não dar entrevista à TV Anhanguera, mas informou que o filho precisou amputar o braço direito. Ele contou ainda que mora próximo ao local do acidente e que o filho tinha o costume de andar com a minimoto. A família ouviu o barulho do acidente e correu ao local para socorrê-lo.

A polícia informou que o ônibus seguia na via preferencial. O motorista do coletivo ficou no local e o teste do bafômetro mostrou que ele não havia bebido antes de dirigir.

Alô Valparaíso/Com informações G1