O número de denúncias por crimes raciais aumentou em 2016 no DF: foram 118 ao todo. O índice cresceu 25,5% em relação a todo o ano de 2015, quando foram registradas 95 reclamações, segundo dados do Ministério Público.

O crime de racismo é caracterizado pela injúria coletiva ou individual por causa da cor da pele. O promotor de Justiça e coordenador do Núcleo de Enfrentamento à Discriminação do MPDF, Thiago Pierobom disse a que se deve o aumento das denúncias.

Para o promotor, é inadmissível a discriminação racial. Ele recomenda que a população ajude a vítima, testemunhando contra a pessoa que praticou o crime. O promotor acrescentou que a utilização da internet para praticar discriminação racial aumenta a pena prevista para o crime, que é de um a três anos de prisão.

Postado por Marcelo Carlos (com as informações da Agência Brasil)