O concurso para 2 mil vagas, sendo 1.920 para soldados e 80 para a carreira de cadete da Polícia Militar de Goiás (PMGO) ainda não tem data definida para divulgação do edital. De acordo com a Secretaria de Gestão e Planejamento (Segplan), o processo relativo ao concurso está na Junta de Programação Orçamentária e Fiscal (Jupof), para análise de dotação orçamentária.

Foi informado que o processo está bastante adiantado, mais ainda não há data para que o edital seja publicado. No dia 20 de novembro do ano passado, foi anunciada a empresa que ficará responsável pela elaboração do concurso público. Será a empresa Assessoria em Organização de Concursos Públicos (AOCP), a responsável pela seleção.

Os salários chegam a R$1.500,00 para Soldado, com oportunidades para ambos os sexos.  Para concorrer ao cargo será necessário nível superior em qualquer área, além de idade entre 18 e 30 anos e estatura mínima de 1,65m no caso dos homens e 1,60m para as mulheres. A jornada de trabalho será de 42 horas semanais, com dedicação integral e exclusiva. Os Cadetes farão jus a remuneração de R$ 5.401,43 para Cadete. A jornada será de até 42 horas semanais.

A expectativa é que os inscritos sejam avaliados por provas objetivas e discursivas. A avaliação objetiva deverá contar com questões de Língua Portuguesa (10) e Realidade Étnica, Social, Histórica, Geográfica, Cultural, Política e Econômica do Estado de Goiás (5) – e Conhecimentos Específicos (divididas entre Noções de Direito Penal, Constitucional, Processual Penal, Administrativo, Penal Militar e Legislação Extravagante).

Via Diário de Goiás