COMUNICADO: GARZZO COMÉRCIO DE COMBUSTÍVEIS LDTA

Em nosso país, o direito de resposta é considerado um direito fundamental pela Constituição da República Federativa do Brasil (CRFB), que assim determina: “Art. 5°. V - é assegurado o direito de resposta, proporcional ao agravo, além da indenização por dano material, moral ou à imagem”.

Sendo ele uma extensão do direito de liberdade de expressão e tendo como o objetivo estabelecer a verdade aos seguidores deste veículo de comunicação, abrimos espaço para a empresa GARZZO COMÉRCIO DE COMBUSTÍVEIS LDTA, esclarecer denúncia feita na semana passada, por um consumidor do município de Valparaíso de Goiás, no Entorno do Distrito Federal.

Por meio do aplicativo WhatsApp, o professor universitário e morador da cidade goiana, Thiago Maroca, levantou a suspeita que o estabelecimento comercial o vendeu gasolina adulterada e que isso teria lhe causado o prejuízo de R$ 800,00. De acordo com o mesmo, foram necessários os seguintes serviços mecânicos: troca da bomba de combustível, filtro e limpeza de bicos em seu veículo.

Com a intenção de ouvir os dois lados e divulgar a informação completa aos leitores do Alô Valparaíso, estamos hoje publicando o Comunicado emitido pelo posto de combustíveis, que rechaça a denúncia do motorista e afirma vender gasolina de qualidade. “Nosso estabelecimento passa por inúmeras fiscalizações seja da ANP, do PROCON, INMETRO e jamais foi suscitada qualquer irregularidade nos combustíveis comercializados”, garante.

Leia abaixo o texto do Comunicado na íntegra!

Da Redação do Alô Valparaíso
Compartilhe esta matéria!