Como o mercado de compra e de venda de jogadores se modificou e a novela NEYMAR

O mercado de futebol sofreu grandes mudanças ao longo dos últimos 10 anos, já que o desenvolvimento tecnológico trouxe novas oportunidades para expandir este mercado. Hoje muito mais do que partidas entre dois times, o futebol se tornou um negócio extremamente lucrativo.Uma das mudanças foi a transformação de jogadores de futebol em produtos, já que eles são muitas vezes treinados desde pequenos para serem vendidos para grandes clubes, os quais continuam executando vendas e compras dos seus jogadores para trazer investimentos ao clube. Além disso, o futebol dentro a Europa atrai bilhões de euros em propagandas e direitos de transmissões, o que resulta em altas premiações e contratos de patrocínios.

Um dos casos mais recentes e que agitou toda a comunidade do futebol foi o jogador brasileiro Neymar. O qual teve o maior valor de venda na história do futebol, sendo que ainda continua em primeiro lugar na lista de transferências mais caras do mundo. Ele foi comprado pelo PSG, time francês em 2017, pelo o valor de 222 milhões de euros, o qual chega a quase 1 bilhão de reais, sendo que estava antes jogando no Barcelona, com o Lionel Messi. Dois anos depois, devido ao fato do Neymar não ter trazido os resultados que foram esperados, o PSG quer vendê-lo, mas pelo valor de 300 milhões euros. O principal interessado é o Barcelona, mas há uma resistência enquanto ao valor.

Esta é uma história bastante interessante e relevante para entender o mercado de futebol atual. Neymar estava com um alto valor de mercado, mas o que era especulativo, porque em campo não tinha os mesmos resultados. O PSG quer ainda lucrar com ele, sendo que o valor de diferença entre compra e venda, 78 milhões de euros é em muitos casos a valor total do pagamento de mais de um jogador. E Barcelona quer comprar de volta um jogador que teve resultado no seu time e que por mais que não esteja no auge e sem grandes resultados tem uma importância dentro do mercado.

Esta é com certeza a principal novela do futebol atual, e nesse meio tempo quem sofre é o Neymar, já que não pode focar em futuro incerto. Dentro do PSG, Neymar perdeu a moral com a torcida e os outros jogadores e o Barcelona não vai pagar mais do que vendeu, e nem poderia já que não tem esse dinheiro para investir em apenas um jogador. Mais um ponto que deixou essa novela ainda mais complicada é que nesse momento Neymar está processando o Barcelona para receber uma bonificação prometida, o que não é uma atitude muito esperta.

A multa seria 26 milhões de euros, mas Neymar quer receber quase o dobro 43 milhões de euros. Sem grandes sucessos na Europa, há quem diga que Neymar poderia voltar para o Santos. Vale lembrar que o Santos receberia em torno de 45 milhões de reais se Neymar voltar ao Barcelona e também o presidente do clube estava analisando a possibilidade de empréstimo. Neymar começou no Santos e foi vendido ao Barcelona em 2013 pelo o valor de 57 milhões de euros, onde 17 milhões foi para o clube e 40 milhões para o bolso do pai do Neymar, o seu agente. O Santos também recebeu um valor de quase 34 milhões de reais quando o Barcelona vendeu para o PSG já que este é o novo modelo de negociação, no qual o clube que trouxe o jogador ao mundo do profissionalismo sempre recebe uma porcentagem ao longo da história de compra e de vendas do seu jogador iniciante.

Depois de Neymar, o segundo brasileiro mais caro do mundo é Philippe Coutinho, o qual entrou no Barcelona depois da saída de Neymar. Ele foi comprado por 120 milhões de euros pagos ao Liverpool em 2018. Philippe e Neymar começaram juntos na base do Santos.

Mercado de futebol sofreu grandes mudanças ao longo dos últimos 10 anos. (Foto: Reprodução)

Compartilhe esta matéria!