Compartilhe esta matéria!

Com aprovação do Conselho, Vasco dá início à contratação de estudos para o projeto da SAF

“Constituição da SAF é um passo fundamental para que o Vasco recupere a capacidade de investir no futebol”, comemora presidente Jorge Salgado

Com a aprovação dos Conselhos Deliberativo e de Beneméritos, o Vasco dará segmento à contratação de estudos para elaboração do projeto para virar clube-empresa. Em sessão na noite desta segunda, Carlos Fonseca, presidente do CD, ratificou o entendimento de que a direção pode dar início imediato à contratação dos estudos para a criação da SAF (Sociedade Anônima de Futebol).

No fim de novembro, logo após a Série B, o presidente Jorge Salgado formalizou ao Conselho Deliberativo o pedido de constituição do clube-empresa para o exercício do futebol em São Januário. Na ocasião, ele entregou documento a Carlos Fonseca, presidente do Conselho Deliberativo – o presidente do Conselho de Beneméritos, Antônio Peralta, também recebeu a formalização.

Jorge Salgado formalizou em novembro o pedido de aprovação por parte dos conselheiros do clube — Foto: João Pedro Isidro/Vasco

Jorge Salgado formalizou em novembro o pedido de aprovação por parte dos conselheiros do clube — Foto: João Pedro Isidro/Vasco

A Sociedade Anônima do Futebol (SAF) é um tipo societário criado pela Lei n.º 14.193, de 6 de agosto de 2021, que permite aos clubes constituírem empresa para operar o futebol, com regime tributário simplificado. Segundo a nota, o Vasco entende que a criação da SAF é a medida mais adequada para se obter o saneamento das finanças e a realização de investimentos no futebol.

Em nota, nesta terça-feira, o Vasco confirmou que dará prosseguimento aos estudos da SAF e afirmou que “entende que a criação da SAF é a medida mais adequada para se obter, a um só tempo, o saneamento das finanças do clube e a realização de investimentos no futebol, pois esse regime jurídico oferece instrumentos para captação de recursos financeiros a um custo inferior do que aquele hoje disponível para o clube no mercado”.

– A constituição da SAF é um passo fundamental para que o Vasco recupere a capacidade de investir no futebol e também equilibre suas finanças em definitivo. Nossa indústria vai passar por um processo inexorável de profissionalização com rápida transformação. Aqueles que se organizarem primeiro terão uma importante vantagem competitiva, principalmente um Gigante do tamanho do Vasco que é um clube nacional com potencial extraordinário. Vamos trabalhar duro para apresentar o melhor projeto do mercado – disse Jorge Salgado, ao site oficial do clube.

Alô Valparaíso/Com as informações g1