Compartilhe esta matéria!

Colisões frontais provocaram 4 das cinco mortes registradas neste Finados em BRs de Goiás

Não por acaso, também esteve alto o índice de ultrapassagens indevidas, de sexta (31) a terça-feira (2), com 550 flagrantes

Feriado: Quatro das cinco mortes nas BRs de Goiás ocorreram por colisões frontaisFeriado: Quatro das cinco mortes nas BRs de Goiás ocorreram por colisões frontais (Foto: Divulgação – PRF)

Das cinco mortes que ocorreram nas BRs de Goiás durante o feriado de Finados, quatro aconteceram em colisões frontais. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), esse tipo de acidente acontece quando um veículo invade a pista contrária. Nesse contexto, o índice de ultrapassagens proibidas contabilizado entre sexta (31) e terça-feira (2) foi de 550 flagrantes.

Ao todo, o feriado teve 39 acidentes em rodovias federais goianas, os quais resultaram em 60 feridos. O número é superior ao registrado no ano passado, que totalizou 33 acidentes e 38 feridos. O número de mortos foi o mesmo em ambos os anos.

Segundo inspetores da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o período chuvoso e fatores climáticos decorrentes dele, somados à imprudência, foram as causas principais de cerca de 20 acidentes registrados no período. Desse total, 50% se concentraram em saídas de pista e colisões frontais.

Infrações de trânsito nas BRs de Goiás durante o feriado de Finados

Enquanto isso, nas infrações, os agentes autuaram no total 2.411 pessoas. Dessas, 40 eram condutores flagrados dirigindo sob efeito de álcool e 150 sem cinto de segurança. Em 2020, a corporação realizou 2.923 flagrantes, sendo 32 condutores dirigindo sob efeito de álcool, 193 sem cinto de segurança e 486 ultrapassando em local proibido.Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), esse tipo de acidente acontece quando um veículo invade a pista contrária.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), esse tipo de acidente acontece quando um veículo invade a pista contrária. (Foto: Divulgação – PRF)

Fiscalizações e prisões

Durante os dias de descanso, os agentes fiscalizaram quase 8 mil veículos. As abordagens resultaram em 22 prisões e detecções de dois grandes carregamentos de drogas. Em um dos casos, um caminhão boiadeiro transportava 300 quilos de cocaína em um fundo falso. O casal que fazia o transporte acabou detido em Uruaçu, na região Norte do estado.

Em outra ocorrência, a polícia prendeu dois suspeitos que tentaram fugir da fiscalização entre Jataí e Rio Verde, no Sudoeste goiano. Eles transportavam 200 quilos de maconha no carro.

Alo Valparaíso/ Goiás