O Alô Valparaíso mostrou reclamações de moradores de Valparaíso de Goiás quanto ao acúmulo de lixo nas ruas de diversos bairros.

Na virada do ano, Clovis Texeira, morador do Setor de Chácaras Anhanguera B, entrou em contato com a nossa redação e relatou que a situação era desagradável no bairro. “O cheiro está muito forte, pois muitas lixeiras receberam restos de comida, que atraem animais como cachorros, que rasgam as sacolas e espalham sujeira para todo lado”, disse.

Para a idosa, Mércia do Nascimento, moradora do Setor de Chácaras Anhanguera A, a maior preocupação é com a saúde de sua família e dos vizinhos de condomínio. “A nossa lixeira está cheia. Isso é um prato cheio para gerar doenças causadas por ratos e vários insetos. No entanto, não é problema só do governo. Os moradores precisam ter a consciência que uma cidade limpa é compromisso de todos. E isso não está acontecendo”, comentou. 

De acordo com a Quebec, empresa responsável pela coleta de lixo , o problema registrado nos últimos dias do mês de dezembro de 2017, ocorreu devido ao período de festas, com escalara diferenciada dos trabalhadores e consecutivamente a produção demasiada de resíduos nas regiões comerciais e residenciais.

Após o Ano Novo, o serviço foi regularizado pela Prefeitura Municipal e segue sendo realizado em todas as regiões do município de Valparaíso.

Da Redação