Brasil: novo coronavírus matou mais em 2020 do que dengue, H1N1 e sarampo

Até os primeiros dias de abril, 181 pessoas haviam morrido de dengue no país

O novo coronavírus matou mais brasileiros em 2020 do que dengue, H1N1 e sarampo, de acordo com números registrados pelo Ministério da Saúde (MS). Até domingo, dia 12 de abril, foram registradas 1223 mortes pela Covid-19.

Segundo dados do MS, até o dia 04 de abril, 181 pessoas haviam morrido devido à dengue no Brasil. Outras 13 faleceram por H1N1 (gripe) e 15 óbitos ocorreram por causa do sarampo.

Para o infectologista Edimilson Migowski, diante deste cenário, é importante o reforço da vacinação contra a gripe e o combate aos focos do mosquito Aedes aegypti (transmissor da dengue). Ele ressalta que não há relatos de casos de coinfecção, quando um paciente contrai a dengue e a Covid-19 ao mesmo tempo.

Migowski também explica que a resposta para a dengue é diferente da exigida para a nova pandemia. “Para dengue, não é preciso isolamento, e nem os profissionais precisam de equipamentos de proteção individual (EPI). Ela não causa doença respiratória, principal agravante da Covid-19, o que exige equipamentos e leitos de UTI”, afirma.

Da Redação do Alô Valparaíso

Ainda não existe uma vacina contra Covid-19. (Foto: Reprodução)

Compartilhe esta matéria!