Segundo consta no boletim de ocorrência, os menores foram denunciados pela dona da casa invadida, que tem 23 anos. À polícia, ela contou que se ausentou de sua residência por dois dias e, ao chegar, se deparou com a janela arrombada e com os meninos, que fugiram levando pertences como celulares, correntes, pulseiras e aproximadamente R$ 300.

Conforme a Polícia Militar, os menores foram encaminhados à Polícia Civil e a maioria dos pertences foram recuperados. O Conselho Tutelar foi acionado e levou os meninos para casa. Segundo o Conselho, eles não são irmãos.

Os pais das crianças assinaram um termo de responsabilidade e as famílias serão encaminhadas para uma unidade de atendimento social do município, para acompanhamento. Já a polícia informou que irá continuar acompanhando o caso, mas que nenhuma investigação será aberta por se tratarem de menores de idade.

Da Redação (com as informações do G1-MT)