Compartilhe esta matéria!

Bilionário morre afogado e deixa fortuna de R$ 11 bi em criptomoeda

Ele foi arrastado por uma correnteza e morreu praticamente na hora em uma praia da Costa Rica

Preso em uma correnteza, o romeno Mircea Popescu mal teve tempo de pedir socorro: em poucos segundos, morreu afogado, levando consigo um segredo: as chaves para acessar uma fortuna estimada em US$ 2 bilhões (cerca de R$ 11 bilhões) em criptomoedas que, agora, pode ficar num limbo para sempre.

Popescu, um dos maiores proprietários de bitcoins do mundo, morreu aos 41 anos enquanto nadava em uma região imprópria para banhistas na Costa Rica, em 23 de junho.

Alô Valparaíso/* Com informações do G1