Na manhã deste domingo, 08 de abril, um recém-nascido foi abandonado dentro de uma caixa de papelão em uma parada de ônibus da QS 5 do Riacho Fundo I. Sujo de sangue, ainda com cordão umbilical e placenta, o menino foi encontrado por Ayrton Bezerra, um agente de portaria que seguia para o trabalho . A criança foi levada ao Hospital Materno Infantil de Brasília (HMIB) pelo Corpo de Bombeiros.

Ao Jornal de Brasília, Ayrton Bezerra, de 20 anos, conta que localizou o bebê por volta de 6 horas da manhã, quando ouviu o choro e chegou a pensar que fossem filhotes de animais abandonados. Mas, ao se aproximar, se deparou com a criança. “Abri a caixa, estava cheia de sangue. Fiquei horrorizado. Ainda procurei em volta, mas não tinha ninguém por ali”, lembra. Ele levou o bebê para o 21º Batalhão do Corpo de Bombeiros, que o encaminhou ao hospital.

Ainda durante entrevista concedida ao JB, Ayrton afirmou que pretende visitar a criança no hospital. “Acabei criando um laço. Quero ver como ele está. Isso tudo é muito triste”, lamenta. A ocorrência foi registrada como abandono de incapaz na 27ª Delegacia de Polícia, no Recanto das Emas. Segundo informações da Polícia Civil, é a 29ª DP, no Riacho Fundo, que investigará o crime. Ainda não há informações sobre os pais ou o estado de saúde da criança.

Da Redação do Alô Valparaíso/Via Jornal de Brasília