Barbaridade: Garota de 13 anos mata irmã grávida e arranca bebê de barriga

Ela também matou o sobrinho que tinha apenas 7 anos. Caso aconteceu em Porto Velho (RO)

O ano de 2019 está sendo marcado por crimes bárbaros em todo o país. No início desta semana, uma grávida de 23 anos foi assassinada pela própria irmã, uma adolescente de 13, com ajuda de um comparsa de 15. O crime aconteceu em Porto Velho (RO).

Segundo o G1 Rondônia, a intenção dos dois era entregar o bebê que a vítima esperava para a mãe do garoto, que simulava uma gestação para o namorado. O filho de 7 anos da grávida também foi morto. Os dois menores foram apreendidos na última terça-feira, dia 22 de outubro.

De acordo com o portal de notícias de RO, o corpo de Fabiane Pires Batista, gestante de oito meses, foi achado pelo pai na tarde da segunda-feira, dia 21 de outubro. Na véspera, o corpo do filho, Gustavo Henrique Pires Maciel, foi achado em um lago no mesmo loteamento. O bebê que Fabiana esperava foi retirado da barriga dela a facadas.

A Polícia Civil informou que o bebê foi levado pelo adolescente para casa. Os investigadores foram até o local e resgataram o recém-nascido, que agora está internado no Hospital de Base em observação médica.

Ainda de acordo com a Secretaria de Saúde (Sesau), o menino tem 1,8 kg e está bem, em observação no Centro Obstétrico, com acompanhamento pela equipe especializada. Ele foi levado para a unidade por uma equipe do Conselho Tutelar e da Polícia Militar, ainda de acordo com a publicação.

A delegada e responsável por investigar o caso, Leisaloma Carvalho, afirmou que os dois adolescentes confessaram o crime, mas caíram em contradição entre si ao detalhar o caso. Ela contou que o pequeno Gustavo foi morto pela própria tia por ter presenciado a morte da mãe. "Quando a Fabiana foi até o local, atraída, a irmã já começou a agredi-la com uma barra de ferro. Desferiu algumas facadas e depois foi retirar a criança. Ele disse que ela estava viva ainda. A criança encontrada morta no lago presenciou tudo e o próprio adolescente fala que a irmã matou o sobrinho após jogá-lo no lago e arremessar pedras para que ele não saísse da água", disse.

Da Redação do Alô Valparaíso/*Com as informações do G1 Rondônia
mãe e filho

Mãe e filho são assassinados em Porto Velho (RO). (Foto: Arquivo Pessoal)

Compartilhe esta matéria!