Na próxima terça-feira (27/03), o prefeito Pábio Mossoró e o Ministro das Cidades Alexandre Baldy, celebrarão convênio na Faculdade FACESA a partir das 16h30, que garantirá a elaboração do projeto executivo de saneamento integrado do Complexo Anhanguera. O acordo prevê que para a fase de desenvolvimento  seja investido o valor de R$ 1.325.827,26.

Segundo a administração municipal, a execução da obra da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) é de fundamental importância para que as sonhadas ações de infraestrutura urbana saiam do papel e contemplem o Setor de Chácaras Anhanguera (A-B-C).

De acordo com o prefeito de Valparaíso, este é um projeto prioritário. “A partir da assinatura do convênio, ele passa a ser viável e poderá ser executado pela Saneago, com o suporte dos governos Municipal, Estadual e Federal”, concluiu Mossoró.

Ainda conforme informações do governo, o projeto de infraestrutura e saneamento integrado do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) destinará ao todo R$ 116 milhões para investimento em asfalto, rede de águas pluviais, de esgoto e calçadas em todo Setor de Chácaras Anhanguera (A-B-C). A meta é dar uma solução definitiva para os problemas de infraestrutura existentes nos bairros já citados.

Da Redação do Alô Valparaíso