A Polícia Civil apreendeu na terça-feira (23) um adolescente de 14 anos, suspeito de matar a tiros o estudante Nathan Damascena Gonçalves, de 17 anos,  após ele se recusar a entregar a bicicleta durante um assalto em Valparaíso de Goiás, no Entorno do Distrito Federal. Segundo a polícia, um jovem de 21 anos que escondia a arma utilizada pelo menor foi detido.

De acordo com o delegado Rafael Abrão, uma testemunha reconheceu o menor como o autor do crime. “Foi feito um termo de reconhecimento. A gente já tinha uma testemunha ocular do fato, que de imediato reconheceu ele como sendo o autor do crime.

“Informalmente, aqui para a gente, ele acabou confessando, tanto é que ele mostrou a roupa que ele estava usando no cometimento deste ato infracional”, relatou o delegado.

crime aconteceu na segunda-feira (22)quando Nathan voltava para casa após a aula, no Setor Jardim Céu Azul.  Segundo Abrão, esta é a segunda vez que o menor é apreendido pela polícia. A primeira foi em 2015, por suspeita de um roubo no Distrito Federal.

Conforme o delegado, depois de localizado, o suspeito levou os policiais até uma casa em Santa Maria (DF), onde a arma utilizada no crime foi encontrada enterrada no quintal. Um jovem de 21 anos que escondia a arma para o menor foi detido e deve responder por posse ilegal de arma.

Luto
Nas redes sociais, vários amigos e familiares de Nathan publicaram mensagens de luto e homenagens ao adolescente. Ele estudava na Escola Municipal Cora Coralina, no mesmo bairro onde o crime aconteceu. O colégio ficou em luto nesta terça-feira e teve as aulas suspensas.

“Não consigo segurar as lágrimas. É com muita dor que venho dizer que meu primo e melhor amigo se foi. Mas tenho certeza que os céus se alegram hoje”, escreveu uma prima de Nathan em uma rede social.

Postado por Marcelo Carlos (com as informações do G1)