Na última quinta-feira (17), a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) publicou no Diário Oficial da União o Chamamento Público para a realização de estudos acerca da viabilidade da exploração de serviço de transporte ferroviário de passageiros no corredor que liga Luziânia-GO à Brasília-DF. Ainda está prevista para o dia 30 de outubro a publicação do Chamamento Público para estudos da ferrovia que ligará Brasília a Goiânia. O projeto para ligar as cidades, por meio de uma ferrovia, foi idealizado pelo ex-governador Joaquim Roriz.

O projeto objetiva amenizar o problema do transporte público que assola a região metropolitana do DF. Passageiros que fazem o percurso indagam que viagens até a capital federal costumam durar mais do que o esperado e viram uma dor de cabeça diariamente. Um estudo aponta que 15% dos trabalhadores do Distrito Federal são do Entorno.

Trem

Imagem Ilustrativa – ANTT faz Chamamento Público para estudo de viabilização de trem Brasília-Luziânia.

Vale a pena lembrar, que durante o mês de agosto os governadores Rodrigo Rollemberg (PSB), Marconi Perillo (PSDB) e o Ministro dos Transportes Antonio Carlos Rodrigues (PR), estiveram reunidos para tratar da viabilidade e construção da ferrovia. Ao que tudo indica, o encontro resultou em algo positivo para a população da região que sofre ao longo dos anos com um transporte precário.

Rollemberg

Foto: A Redação – Marconi e Rodrigo estiveram reunidos no mês de agosto discutindo o projeto do Trem Brasília-Luziânia.

Quando sair do papel o trem Brasília-Luziânia será a primeira ferrovia de transporte de passageiros por meio de Parceria Público Privada (PPP). Calcula-se que cerca de um milhão de pessoas possam ser beneficiadas após a conclusão do projeto. Segundo o Edital, a ferrovia terá 76 km e 14 estações entre Luziânia e a Rodoferroviária (DF). Moradores de Cidade Ocidental, Novo Gama, Santa Maria, Valparaíso, Jardim Ingá, Gama, Céu Azul, entre outras, serão beneficiados.

Por Marcelo Carlos