O mundo está descobrindo Goiás e não é de hoje. Atraídos pela natureza exuberante e peculiar do Cerrado, estrangeiros chegam aos montes por aqui e muitos acabam se apaixonando e ficando de vez. Quem conhece Alto Paraíso, sabe que é comum esbarrar com um gringo em cada esquina ou ser atendido por um europeu que virou comerciante ou dono de pousada local. A cena também se repete em Pirenópolis, outro destino de charme e místico do estado.

As cavernas de Terra Ronca em São Domingos, as águas termais da Pousada do Rio Quente, a pesca esportiva no Araguaia, o turismo religioso em Trindade e o médium João de Deus em Abadiânia que atraem milhares de gringos todas semanas para nosso estado. Tudo isso tão pertinho da gente e que acaba tendo mais valor pra gente que vem de fora! A ideia dessa matéria é incentivar os goianos a valorizar nossos atrativos. A gente acredita que a melhor forma de estimular isso, é conhecendo. A lista abaixo, reúne informações preciosas e fotos incríveis que são apenas um pouco do muito do que Goiás tem pra revelar. Basta guardar essas dicas e se programar para curtir mais esse estado que, em alguns lugares, é mais conhecido por gente de fora do que os próprios nativos. Valorize Goiás, conheça-o melhor e se surpreenda! 

1 – Pousada do Rio Quente (Rio Quente Resorts)

Piscinas naturais quentinhas que fazem gringo voar milhares de quilômetros pra curtir isso de perto.

A “parte velha” da Pousada é, por anos, um dos lugares mais queridos pelos estrangeiros.

Turistas do Brasil e do mundo todo ficam alucinados com o lugar. A nossa tradicional “Pousada” é o paraíso das águas termais e o enorme resort oferece várias opções como o Hot Park, Praia do Cerrado, mergulho, restaurantes, entre tantas outras atividades.O destaque fica por conta do Parque das Fontes, ao lado do Hotel Pousada, é o local onde as primeiras fontes de água quente da região foram encontradas em 1722 pelo bandeirante Bartolomeu Bueno da Silva Filho. Ali estão as 18 vertentes que abastecem o complexo do Rio Quente Resorts. O numeroso conjunto de piscinas naturais conserva seu aspecto natural, com fundo de areia e rochas, cercado por generosa vegetação. Possui bares molhados, saunas, duchas e piscinas infantis. Os gringos piram!

Endereço: Final da GO-507, município de Rio Quente

Telefone: (64) 3512-8010.

Horário: Aberto todos os dias, 24h. Acesso grátis, somente para hóspedes (ou sócios antigos) do Rio Quente Resorts.

2 – Alto Paraíso

 

Vale

Vale da Lua em Alto Paraíso de Goiás. Vá com um dicionário internacional!

A cidade também é conhecida por ufólogos de todo o planeta (Terra) que dizem que os ETs aparecem por lá.

O mundo se encontra aqui: comunidades recebem viajantes de todos os continentes.

Talvez uma das maiores concentrações de gringos por metro quadrado, Alto Paraíso é destino zen e tido por muita gente como o “fim do mundo”, uma espécie de paraíso na terra. Misticismo e natureza exuberante são os principais atratativos da cidade que é uma das portas de entrada para o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros. Alto Paraíso de Goiás possui mais de 120 cachoeiras catalogadas e é um destino indicado para quem procura turismo de aventura e ecoturismo. O lugar conta com diversas comunidades alternativas que recebem gente de várias parte do mundo.

Como chegar: Alto Paraíso de Goiás fica a 423 km de Goiânia, acesso pela BR- 153 e depois pela GO-118.

Programa obrigatório: Conhecer o Vale da Lua, as Cachoeiras Almácegas I e II e os Saltos Rio Preto I e II.

Informações: (62) 3446-1159

3 – Rio Araguaia

ARA

Afinal, qual outro lugar no mundo com um pôr do sol assim?

Fisgar uma Pirara ou uma Piraíba é sonho de quase todo pescador.

Yes, nós temos mar, e tá pra peixe! A pesca esportiva no Rio Araguaia atrai pescadores de todos os cantos que ajudam a impulsionar a economia da região. Destaque para Luiz Alves, município de São Miguel do Araguaia com boa estrutura de hotéis e pousadas. Todo mês vários grupos de estrangeiros desembarcam por lá em busca da pesca esportiva. Fisgar uma Pirara ou uma Piraíba é sonho de quase todo pescador. O Araguaia tem uma das maiores diversidades de peixes médios (até 7 quilos) do mundo. “A maioria dos nossos turistas estrangeiros vem da Europa, atraídos pela pesca esportiva e pelas belezas do Araguaia”, conta Frederico Faleiro da Pousada Canoeiros em Luiz Alves, município de São Miguel do Araguaia 520 km de Goiânia).

Como chegar: São Miguel do Araguaia fica a 475 km de Goiânia, com acesso pela GO–070.

Programas obrigatórios: Pesca esportiva em Luiz Alves, distrito de São Miguel do Araguaia (foi cenário da novela “Araguaia”, da Rede Globo!); Banho e esportes aquáticos na Praia do Foguete: Mais pesca esportiva, banhos e jet ski nos rios Araguaia, Cristalino, Crixás e Pintado; Acesso à Ilha do Bananal, maior ilha fluvial do mundo e Reserva da Biosfera pela UNESCO.

Informações de hospedagem e alimentação: Secretaria de Turismo: (62) 3977-7152 | (62) 3977-7153 | CAT – São Miguel do Araguaia: (62) 3382-3140

4 – Abadiana de Goiás

João de Deus

Mais de 5 mil pessoas por semana, incluindo estrangeiros.

João de Deus

O atrativo são as “cirurgias espirituais” realizadas pelo próprio médium.

A fama internacional atraiu celebridades como Oprah Winfrey que foi até Abadiânia só pra ver João de Deus de perto.

Sim, incluímos a pequena cidade de 14 mil habitantes que recebe mais de 5 mil pessoas de todas as partes para ver e se tratar com o famoso médium João de Deus. A fama mundial do municipio chegou em 1991, quando a atriz americana Shirley MacLaine se tratou com João de Deus de um câncer na região abdominal. Hoje, o lugar recebe muitos turistas estrangeiros, vindos de países como Índia, Austrália, Alemanha e Estados Unidos. O cantor Paul Simon também esteve lá, além da apresentadora norteamericana Oprah Winfrey que chorou feito criança durante o encontro com o médium, em 2012. Tem alas específicas só para atender os gringos com tradução simultânea.

Como chegar: Avenida Francisca Teixeira Dama, nº 823 Setor Central Abadiânia–GO CEP 72940-000 

Telefone: 62 3343.1254

5 – Pirenópolis

A recém descoberta Cidade das Pedras.

Os gringos piram em Piri!

Mesmo tão perto de Goiânia, Piri recebe mais gente de Brasília e de outras partes do que da capital goiana. Mochileiros da europa e de vários outros cantos do globo se encontram por alí, atraídos pelo charme, natureza exuberante e pela pegada zen da cidade. A recém descoberta Cidade de Pedra também virou atração internacional. Trata-se da maior cidade de pedra do Brasil, com diversas formações rochosas que formam cânions, labirintos e pedras de formatos que lembram animais e rostos. Destaque também para as diversas trilhas, montanhismo, arborismo, rapel e banhos de cachoeira no Parque Estadual Serra dos Pirineus, que tem por objetivo preservar os sítios naturais de relevância ecológica e histórica, e que abriga a cachoeira do Abade, com 22 metros de queda e rodeada por uma praia de areia branca. As cachoeiras do Lázaro, do Rosário, da Fumaça, da Meia Lua e dos Dragões também são bastante procuradas.

Como chegar: Pirenópolis fica a 128 km de Goiânia, com acesso pela GO-431.

Telefones úteis: Secretaria de Turismo de Pirenópolis: (62) 3331-2416 | CAT – Pirenópolis: (62) 3331-2633

6 – Terra Ronca

Cavernas do Parque Estadual de Terra Ronca, em São Domingos.

TERRA

Entrada da caverna da Terra Ronca em Goiás.

Criado em julho de 1989 e situado no Estado de Goiás, entre os municípios de Guarani de Goiás e São Domingos, o Parque Estadual de Terra Ronca possui mais de 60 cavernas molhadas, ou seja, atravessadas por rios, e cerca de 200 secas, é considerado um dos maiores, não só do Brasil como da América Latina e também do mundo. Com área aproximada de 57 mil hectares, lá se encontram grutas de raríssima beleza, como as de Terra Ronca, Angélica e a de São Mateus.

Segundo pesquisadores, a expressão Terra Ronca deriva do rugido dos rios que atravessam as cavernas, e do burburinho das cachoeiras que despencam em seu interior.

Como chegar: São Domingos fica a 641 km de Goiânia, acesso pelas BR-060 e BR-020.

Programa imperdível: Visitar o complexo cavernícola do Parque Estadual de Terra Ronca, que concentra inúmeras grutas como a de Terra Ronca (que deu nome ao parque), São Mateus e Angélica, com galerias quilométricas e grande volume dos cursos d’água.

Informações: (62) 3425-1516

7 – Salto de Corumbá

Salto

Sete cachoeiras fazem parte do complexo Salto de Corumbá.

O Salto de Corumbá fica a apenas 115km de Goiânia, e conta com área de camping, pousada com restaurante, e, claro, muitas belezas e riquezas naturais. O complexo reúne ainda sete (incríveis) cachoeiras, com destaque para a Salto Corumbá (da foto de capa da revista), que tem 50 metros de queda. Conheça mais sobre o Salto de Corumbá e saiba como visitar (e até se hospedar por lá!) lendo nosso especial: clique aqui. Quase no meio entre Goiânia e Brasília, é comum ver estrangeiros por lá, atraídos pela natureza bem distribuída entre cachoeiras, trilhas e muito verde.

Salto Corumbá Camping Clube Hotel

BR 414 – Km 383, Corumbá de Goiás, Goiás (acesso de Goiânia pela BR-060, em Anápolis pega sentido Corumbá de Goiás)

Telefones: (61) 4063-8546 e (62) 9658-7357 (Whatsapp)

Day Use (das 8h00 às 18h00): R$ 36 (criança até 1,35m não paga)

Acampamento: R$ 90 por pessoa (feriado de sábado até segunda-feira) e R$ 41 por pessoa a pernoite em dias de semana.

8 – Parque das Emas e o raríssimo Fenômenos da Bioluminescência

Fenômeno

É coisa nossa! O fenômeno ocorre todo ano com pico entre os meses de outubro e novembro.

Carro

Carro Safari no Parque Nacional das Emas. É possível alugar o veículo para passeios pela Unidade de Conservação.

Vem gente de tudo o que é canto conhecer essa raridade da natureza que só acontece em Goiás em meio a um cenário de beleza ímpar. Com 132 mil hectares de vegetação do cerrado, o Parque das Emas fica entre os municípios de Mineiros, Chapadão do Céu, em Goiás; e parte de Costa Rica, no Mato Grosso do Sul. Recebeu da Unesco o título de Patrimônio Natural da Humanidade por abrigar 1.600 espécies de animais e 500 tipos de plantas nativas. Entre as belezas encontradas no local, cerca de 20 milhões de cupinzeiros transformam-se em esculturas de terras iluminadas com o efeito da bioluminescência. Em períodos de chuvas, logo após o mês de outubro, as larvas de vagalumes se abrigam nos buraquinhos esculpidos nos cupins. À noite, elas emitem luzes esverdeadas, atraem e comem outros insetos. Os ingressos podem ser retirados com 48 horas de antecedência, documento conhecido por voucher, nos Centros de Atendimento ao Turista (CATs), na cidade de Mineiros, ou em agências de viagem. A entrada e visitação são mais fácies pelo Chapadão do Céu, a 460 km de Goiânia.

Para visitar o Parque Nacional das Emas, é necessário portar um ingresso, que deve ser emitido com antecedência por um dos CATs ou Agências de Turismo existente nas cidades de Mineiros ou Chapadão do Céu, em Goiás. É recomendado visitar o Parque acompanhado por guias – os municípios possuem guias capacitados para acompanhar os turistas, e as diárias custam em média R$180 para acompanhar 12 pessoas.

Central de Atendimento ao Turista de Mineiros

Endereço: Avenida Alessandro Marchió, N169, Centro

Telefone: (64) 3661-0006 | (64) 3661-0005

Email: cat.mineiros@gmail.com

Central de Atendimento ao Turista de Chapadão do Céu

Telefone: (64) 3634-1517

Valores para acessar o Parque Nacional das Emas

R$6,50 por pessoa para moradores de algum dos municípios vizinhos do Parque Nacional das Emas

R$13 por pessoa caso seja morador de outros municípios que não estejam na divisa com o Parque, como Goiânia, ou de outros estados ou países.

Estão isentos de pagamento: estudantes, crianças menores de 8 anos e maiores de 60 anos.

Horários de visitação

Diariamente das 07h às 16h.

Períodos de bioluminescência: das 07h às 23h

9 – Trindade

TRINDADE

Em forma de cruz, a basílica de Trindade é a única dedicada ao Divino Pai Eterno.

Ele é o cara! O jovem e carismático Parde Robson comanda missas lotadas toda semana!

Por ser a única basílica do mundo dedicada ao Divino Pai Eterno, o lugar também atrai estrangeiros de muitos partes, especialmente da América do Sul. O templo católico, localizado no município goiano de Trindade, a vinte minutos de Goiânia, recebe milhares de fiéis todos os meses e é lugar de peregrinação durante a tradicional Festa de Trindade. O evento religioso ocorre todo ano, iniciando-se no último sábado do mês de junho e finalizando-se no primeiro domingo do mês de julho em Trindade, no estado de Goiás, onde recebe mais de 3 milhões de fiéis, durante seus 9 dias de duração.

Como chegar: Trindade fica a 25 km de Goiânia, com acesso pela GO-060.

Programa obrigatório: Presenciar a Festa do Divino Pai Eterno, a sala dos milagres e ver ao vivo as missas do Padre Robson.

Informações: (62) 3506-7041

10 – Cidade de Goiás

cora

A maior poetisa de Goiás atrai gente de todos os cantos do mundo que visitam o antigo casarão de Cora que virou museu.

Todo mundo quer conhecer a casa da saudosa Cora.

serra

O Parque Estadual Serra Dourada também é bastante procurado pelos estrangeiros.

Berço da poetisa Cora Coralina, a antiga capital do estado foi fundada durante o ciclo do ouro, no século XVIII. É exatamente nossa maior poetisa que atrai turistas de todos os cantos. Sim, Cora Coralina e sua obra são mundialemnte conhecidas. Os gringos também se encantam pelo charme e a história da Cidade de Goiás, antiga capital de Goiás.

Como chegar: A Cidade de Goiás fica a 142 km de Goiânia, com acesso pela GO-070.

Programa imperdível: Conhecer o centro histórico da cidade, tombado como Patrimônio Histórico e Cultural da Humanidade pela UNESCO.

CAT – Goiás: (62) 3371-7713 | (62) 8596-4227

Por Marcelo Carlos (Todas as informações são do  Site Curta Mais.