Ortodents: A melhor clínica odontológica de Valparaíso Leia Mais

O melhor escritório de contabilidade de Valparaíso Leia Mais

 

Ataques em Ipameri e Novo Gama: quadrilhas são desbaratadas

O secretário de Segurança Pública, Irapuan Costa Júnior, apresentou na sexta-feira, dia 11, informações sobre as investigações dos ataques em agências bancárias de Ipameri e Novo Gama. A quadrilha responsável pelo crime de Novo Gama já foi desarticulada. Um homem foi preso e outro morreu em confronto com a polícia. Sobre o caso de Ipameri, a associação criminosa já foi identificada. “Os dois casos estão elucidados”, afirmou.

Na tarde de quinta-feira, dia 10, a Polícia Militar, por meio das Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam), encontrou os responsáveis pela explosão de uma agência da Caixa Econômica de Novo Gama. Eles estavam em uma chácara em Valparaíso de Goiás e reagiram à abordagem. Além deles, um policial militar acabou detido suspeito de ter fornecido munições para o crime.

A ação da PM foi realizada menos de 24 horas após o crime. A quadrilha também é responsável pela explosão de agências bancárias de Valparaíso de Goiás, em abril deste ano. O mesmo grupo estaria envolvido em duas outras ocorrências em Novo Gama. “Não vamos dar trégua à criminalidade”, garantiu Irapuan.

Em relação ao ataque em Ipameri, a Polícia Civil, por meio do Grupo Antirroubo a Bancos (GAB), prendeu um homem suspeito de envolvimento com o grupo responsável pelo crime. Na chácara dele, foram recuperados relógios e joias roubados na ação, além de explosivos e outros objetos utilizados nesse tipo de crime.

De acordo com as investigações, a quadrilha no caso de Ipameri também é responsável por ataques em agências bancárias de Abadia de Goiás, Cristalina, Campo Alegre e Montes Claros. “Nossas forças policiais estão atuando de forma integrada e, mais uma vez, têm demonstrado muita eficiência”, explicou o titular da SSP.

Repressão a crime
Forças policiais goianas têm atuado ostensivamente para coibir esse tipo de crime. Na última semana, por exemplo, a Rotam e o GAB desarticularam uma quadrilha interestadual especializada em roubos e furtos de instituições financeiras. Quatro assaltantes morreram em confronto com os policiais.

Foram apreendidas quatro armas de fogo e vários equipamentos que seriam utilizados para arrombamento de cofres e caixas eletrônicos. O grupo é responsável pela explosão de um caixa eletrônico no Setor Itaipu 2, em Aparecida de Goiânia.

Em abril, a PM desarticulou o grupo responsável pelo ataque a uma agência do Banco do Brasil, em Goiânia. Três homens acabaram mortos em confronto. Eles tinham acabado de explodir os caixas eletrônicos quando foram abordados pela polícia. Foram encontrados R$ 120 mil em espécie, além de armas e outros equipamentos.

No mesmo mês, a Polícia Militar também deteve criminosos que atacaram o Banco Itaú, em Petrolina de Goiás. O ataque a uma agência da Caixa Econômica Federal, em Silvânia, em janeiro deste ano, também foi solucionado. Sobre ataques Bom Jesus de Goiás, Cumari, Itumbiara e Paranaiguara, a Polícia Civil já está com as investigações em estágio avançado e aguarda expedição de mandados de prisão.

Via Portal Goiás

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Web Design BangladeshBangladesh Online Market