Ortodents: A melhor clínica odontológica de Valparaíso Leia Mais

O melhor escritório de contabilidade de Valparaíso Leia Mais

 

Senador Wilder exalta Marconi e José Eliton na tribuna do Senado

Ao utilizar a tribuna do Senado na quinta-feira 3, o senador Wilder Morais  o governo federal pela grave crise econômica e política que o País vive e aproveitou para falar que os problemas que os Estados enfrentam, em especial o de Goiás, são fruto do desgoverno da presidente Dilma Rousseff. No entanto, em relação a Goiás, que apresenta números positivos no crescimento econômico, Wilder exaltou as iniciativas do governador Marconi Perillo e do vice-governador José Eliton pelas boas notícias. 

O senador Wilder criticou a presidente, que além de permitir que a economia encolhesse, fez com que os Estados fossem se afundassem na crise criada em Brasília.

“As notícias da área política só não são piores que as da economia. O IBGE informa que a recessão atual é a mais cruel da história. Em 2015, os investimentos caíram 14,1%.

O Produto Interno Bruto ficou 3,8% negativo. O governo apresentava Pibinho como se fosse Pibão.  E, agora, nem um nem outro”, disse Wilder, logo no início do seu discurso.

Wilder apresentou ainda outras informações sobre as economias de Goiás e do Brasil e lembrou que a queda da indústria de transformação chegou perto de 10%. A construção foi demolida em 7,6%. “Os serviços, antes em ascensão, ficaram 3,8% menores. A única boa notícia veio das exportações, que subiram 6,1%. E a parte aproveitável nada tem a ver com o Governo Federal”, frisou.

As boas notícias, que têm relação direta com a área das exportações, segundo Wilder, vem de Estados como Goiás, onde o PIB tem subido com frequência. “Aí, sim, graças a iniciativas do governador Marconi Perillo e do vice-governador José Eliton. Graças aos empreendedores de nosso Estado. Graças aos lojistas. Aos industriais. Aos produtores rurais. Aos prestadores de serviços. A todos os trabalhadores goianos. Graças aos goianos esse setor da economia não entrou em colapso”.

Segundo o Banco Central, a média de crescimento do Estado de Goiás é de 3,4%. E esse crescimento ocorre de forma sistemática há dez anos seguidos, informou o senador. “Agora, José Eliton está na Secretaria de Segurança Pública. E o sucesso do governo de Marconi em outros setores vai se repetir também na tranquilidade das ruas. José Eliton tem formação técnica suficiente e vontade maior ainda. Está devolvendo aos goianos a paz, que é uma das atrações de nosso Estado”.

“Desde que José Eliton assumiu, as manchetes dos jornais mudaram. Falam agora em redução da criminalidade. A taxa de homicídios caiu 48%. José Eliton tem apoio de Marconi e da sociedade. Com isso, as polícias Civil e Militar receberam o estímulo necessário para enfrentar os bandidos. O resultado é favorável à população”, destacou Wilder, para lembrar que a dupla de gestores agora tem outros desafios a enfrentar. “Um deles é a inoperância do governo federal. A presidente está mais preocupada em proteger a própria pele do que em oferecer proteção aos brasileiros. O Ministério da Justiça se omite e a violência aumenta. Por isso, os Estados ficam sozinhos no combate ao crime, inclusive o organizado”.

Segundo Wilder, outra lástima que os governadores de uma maneira geral enfrentam é a legislação. Uma das frases mais lembradas é que a polícia prende e a Justiça solta. “E a Justiça solta porque a lei é frouxa. Em Goiás, há casos de bandidos presos dez vezes no mesmo mês. Chega na delegacia e vai embora antes do agente que o levou”. Ele lembrou o caso da estudante Nathália Zucatelli, morta em Goiânia quando saía de um cursinho no Setor Marista, em Goiânia. “A assassina que matou uma estudante havia sido presa por receptação. Ficou na cadeia durante uma semana. Saiu para matar uma inocente”, lembrou.

O caso foi rumoroso, ganhou a imprensa nacional. Nathália tinha 18 anos e havia acabado de chegar de Rondônia. Foi morta com um tiro durante um assalto. “Logo que José Eliton assumiu, os bandidos foram identificados e presos. Enquanto o governo federal continua inerte, fazendo de conta que administra, os corpos se multiplicam no asfalto”, lamentou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Web Design BangladeshBangladesh Online Market