Ortodents: A melhor clínica odontológica de Valparaíso Leia Mais

O melhor escritório de contabilidade de Valparaíso Leia Mais

 

Goiás continuará a adotar horário de verão

Os parlamentares apreciaram, durante a sessão ordinária deterça-feira, 12, veto nº 1240/17, do Governo do Estado, que barra o projeto de lei que extingue o horário de verão em Goiás. Ao manterem o veto, por não conseguirem os 25 votos necessários para sua derrubada (19 não contra 9 sim), os deputados decidiram que os goianos continuarão tendo que adiantar seus relógios em uma hora entre os meses de outubro e fevereiro.

Ao defender a matéria de sua autoria, o deputado Luis Cesar Bueno (PT) pediu aos pares que derrubassem o veto, já que o fim do horário de verão seria antigo clamor da população. Da tribuna José Nelto (PMDB) afirmou que a alteração anual de horários confunde o relógio biológico, não traz grande economia de energia e prejudica as pessoas que precisam sair de casa muito cedo para trabalhar.

Mesmo fazendo parte da base de sustentação da Governadoria, os deputados Lincoln Tejota (PSD) e Henrique Arantes (PTB) se manifestaram favoráveis ao fim do horário de verão e declararam que votariam pela derrubada do veto. Santana Gomes (PSL), por sua vez, subiu à tribuna para defender o veto do Governo. Apesar de considerar o horário de verão “indigesto”, o parlamentar apresentou justificativa técnica para que Goiás continuasse a adotá-lo: o território do Estado estaria muito abaixo da linha do Equador. 

Via Assembleia Legislativa de Goiás 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Web Design BangladeshBangladesh Online Market