Ortodents: A melhor clínica odontológica de Valparaíso Leia Mais

O melhor escritório de contabilidade de Valparaíso Leia Mais

 

Dilma e mais 5 ex-conselheiros da Petrobras têm bens bloqueados por compra de refinaria

O Tribunal de Contas da União determinou, nesta quarta-feira, o bloqueio dos bens de seis ex-membros do Conselho de Administração da Petrobras, dentre eles, a ex-presidenta Dilma Roussef, o ex-ministro  Antonio Palocci e o ex-presidente da estatal, José Sergio Gabrielli .

A ação se dá por conta da atuação dos membros do Conselho, em 2006, quando votaram à favor da compra de 50% da refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos. A ex-presidenta Dilma era ministra da Casa Civil e comandava o Conselho de Administração da Petrobras à época.

De acordo com o voto do relator, o Ministro Vital do Rego, os membros do Conselho não cumpriram com suas obrigações e violaram o “dever de diligência” para com a Petrobras, o que teria causado prejuízo ao patrimônio da Empresa, de aproximadamente 580 milhões de dólares.

A medida deverá alcançar os bens considerados necessários para garantir o integral ressarcimento do débito em apuração, ressalvados os bens financeiros necessários às suas subsistências e das suas famílias. Os bens podem ficar bloqueados por um ano, mas os citados têm 15 dias para apresentar as alegações de defesa e ainda podem recorrer da decisão.

Em agosto, o TCU já havia condenado Sérgio Gabrielli e Nestor Cerveró, ex-diretor da Área Internacional da Petrobras, a ressarcirem quase 80 milhões de dólares aos cofres da Empresa, mais 10 milhões de reais em multa cada um. Ambos também ficaram inabilitados para exercer cargo público por oito anos.

Via Agência Brasil 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Web Design BangladeshBangladesh Online Market