Ortodents: A melhor clínica odontológica de Valparaíso Leia Mais

O melhor escritório de contabilidade de Valparaíso Leia Mais

 

Setor de Chácaras Anhanguera faz parte de Valparaíso apenas na geografia dos votos

Segundo historiadores brasileiros, a palavra Anhanguera foi originada em meados de 1722, quando o bandeirante Bartolomeu Bueno da Silva saiu de São Paulo em busca de ouro com destino ao norte. Mais precisamente à Campinas, Minas Gerais e Goiás. Nesta empreitada, Bartolomeu deparou-se com alguns índios que negaram informá-lo onde poderia ser encontrado ouro.

Por esse motivo, o Bandeirante colocou fogo numa garrafa de cachaça e ameaçou atear fogo na aldeia onde parou para colher informações. Da mesma forma, afirmou que incendiaria rios e lagos se os índios não mostrassem o caminho do ouro. Com muito medo, os pobres indígenas, levaram o homem branco ao local onde existia o material valioso em abundância.

A partir daí surgiu à expressão Anhanguera, que vem de “anhang”: espírito temível e também de “puêra”: aquilo que se foi, velho. Concluindo, a palavra Anhanguera significa “diabo velho”. Para os índios, humanos, amimais e plantas possuem espírito. Segundo os indígenas, “Anhangá” são espíritos que vagam pela terra após a morte, atormentando os vivos.

No passado, os índios eram afrontados e enganados por um Bandeirante (o Anhanguera) possesso por ouro. Hoje, os moradores do Setor de Chácaras Anhanguera, em Valparaíso de Goiás, vivem o inverso da palavra que nomeia o bairro e são seguidamente ludibriados por representantes que lembram-se da região apenas na geografia dos votos. Na nossa cidade, o voto é tratado como ouro pelos achacadores de plantão. Os espíritos que vagam atormentando os vivos na visão dos índios, atualmente estão caracterizados por políticos e figuras públicas que ao longo dos anos atormentam a população valparaisense e que nada fazem em prol de uma cidade mais desenvolvida e que trate sem diferenças todos os seus bairros.

anhanguera

Foto: Marcelo Carlos – Setor de Chácaras Anhanguera, um local abandonado pelo Poder Público Municipal.

O bandeirante Bartolomeu Bueno da Silva em Valparaíso é vivido por Lucimar Conceição do Nascimento. A Prefeita não é um diabo, mas conta com a total insatisfação dos moradores do Setor de Chácaras Anhanguera. A chefe do Executivo Municipal causa medo a essa comunidade assolada com as mazelas políticas e com diversos problemas de infraestrutura. Problemas que são oriundos de outras administrações e que continuam sendo tratados com vista grossa pelo Governo do Partido dos Trabalhadores, causando o agravamento de situações que seriam resolvidas segundo as promessas de campanha da gestora petista.

Em 2016, os moradores do Setor de Chácaras Anhanguera prometem não cair mais no velho truque do fogo na garrafa, ou seja, não depositarão a confiança dos seus votos em pessoas sem compromisso com a região, que durante anos é esquecida pelos nossos governantes.  O povo sofrido acredita que é hora de Valparaíso de Goiás dar a resposta aos descasos nas urnas no próximo ano. A nossa gente, encontra-se cansada de entregar o ouro nas mãos de pessoas  que nunca justificaram a confiança de muitos eleitores e cidadãos de bem.

Espero de coração que nas próximas eleições a sociedade valparaisense dê finalmente um basta aos “Anhangá’s” (espíritos que vagam atormentando os vivos) e que não caia mais nos mesmos truques e artimanhas que deixam Valparaíso de Goiás refém de lideres sem nenhuma humildade, identidade e compromisso com a cidade.

Por Marcelo Carlos 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Web Design BangladeshBangladesh Online Market